NOTÍCIAS
11/02/2015 13:06 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Eike Batista tem iate de R$ 30 milhões apreendido em operação da PF em Angra dos Reis

Fabio Motta/Estadão Conteúdo

Depois do advogado do ex-bilionário Eike Batista dizer que a operação de busca e apreensão da PF na sexta-feira (6) deixou seu cliente sem dinheiro até para comprar comida, o empresário teve mais uma perda. Hoje (11) foi a vez de um iate avaliado em R$ 30 milhões ser apreendido.

A embarcação estava na praia de Vila Velha, em Angra dos Reis, onde o empresário costuma passar os fins de semana e feriados. Além do iate, a Polícia Federal vai buscar outros objetos na residência do empresário.

A operação de busca e apreensão foi determinada pela Justiça para garantir o pagamento de indenizações, caso Eike seja condenado por crimes contra o mercado financeiro.

A ação faz parte da mesma decisão do juiz Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio, que autorizou na semana passada a apreensão de seis carros do empresário, sendo um deles o modelo Lamborghini que Eike usava de decoração em uma de suas salas.

Também foram recolhidos quadros, computadores e até um piano na casa que o empresário mantém no bairro do Jardim Botânico, zona sul do Rio.

No dia em que os bens foram apreendidos, o advogado do ex-bilionário, Sérgio Bermudes, disse ao jornal O Globo que entraria na Justiça contra a operação:

"Nós vamos recorrer ao TRF. Não ficou dinheiro nem para comprar comida. O juiz calculou, não sabemos como, em US$ 3 bilhões o prejuízo causado por Eike a vítimas da crise de suas empresas. Mas esse valor ainda não foi decidido. E só seria decidido depois de uma sentença condenatória transitada em julgado. Só aí essas vítimas poderiam propor uma ação para provar os danos sofridos.”

A decisão judicial determina o bloqueio dos R$ 3 bilhões em ativos financeiros e imóveis dos dois filhos mais velhos do empresário (Olin e Thor), da mãe deles e sua ex-mulher, Luma de Oliveira, e da mãe de seu terceiro filho, Flávia Sampaio.

(Com informações da Estadão Conteúdo)