NOTÍCIAS
11/02/2015 15:33 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

4 coisas que você PRECISA saber sobre o novo livro de Harper Lee

Chip Somodevilla/Getty Images

A surpreendente notícia de que a escritora norte-americana Harper Lee, 88, lançará seu primeiro romance inédito em 55 anos despertou desconfiança de leitores e da classe artística.

A editora HarperCollins anunciou neste mês o novo livro, Go Set a Watchman (algo como "arranje um vigia", em português), como sequência de seu único e maior sucesso, O Sol É para Todos. Como a escritora saiu da mídia há décadas e hoje sofre uma série de limitações físicas e mentais, muita gente questionou se ela realmente quer ser publicada novamente.

1. Harper Lee não queria publicar um novo livro

A esses problemas, soma-se o fato de que morreu meses atrás Alice, irmã e advogada de Harper – que "protegia sua irmã do mundo externo", segundo o Huffington Post UK.

Estranhamente, foi após esse episódio que houve a "redescoberta" do manuscrito deixado por Harper. A sua atual advogada Tonja Carter procurou a editora para publicar o romance.

Em entrevista à Folha de S.Paulo, o biógrafo da escritora, Charles Shields, diz que a autora não tinha intenção de publicar Go Set a Watchman e que ela não está em condição de fazer quaisquer autorizações.

Hoje, ela vive numa casa de repouso, quase totalmente surda e cega, enfraquecida por vários infartos e com memória falha.

Tonja tem feito afirmações contrárias ao que diz o biógrafo da cliente. Segundo ela, o manuscrito foi "encontrado recentemente" e "por acaso".

A advogada disse também que Harper estaria "magoada e humilhada" pelas suposições de que está sendo objeto de exploração.

O editor, por sua vez, disse que não lançaria o livro sem consentimento da autora.

2. E a polêmica foi para as redes sociais...

Peter Bradshaw, crítico de cinema do Guardian:

"O terceiro romance de Harper Lee levará as vendas de trilogias ao que editoras estão chamando de "Cinquenta Tons de Libertada."

A atriz e ativista dos direitos humanos Mia Farrow:

"Tem alguém tirando vantagem de Harper Lee, nosso tesouro nacional de 88 anos?"

A hashtag #ToKillAMockingbirdSequelTitles ("títulos da sequência de O Sol É para Todos", em português) brinca com títulos da sequência de O Sol É para Todos.

Enterrar o Sol de Todos no Cemitério Maldito #ToKillAMockingbirdSequelTitles (Sim, próximo ao gato Smucky)"

"O Sol É para Todos 2: Agora É Pessoal #ToKillAMockingbirdSequelTitles"

"O Sol Contra-Ataca #ToKillAMockingbirdSequelTitles"

3. Livro foi rejeitado em 1950

Go Set Watchman é a sequência de O Sol É para Todosbestseller até hoje. Esse clássico moderno da literatura norte-americana foi publicado pela editora J. B. Lippincott & Co. em 1960 e fez a autora vencer o prêmio Pulitzer de ficção.

o sol é para todos

Em O Sol É Para Todos, a menina de 10 anos Scout Finch mora numa cidadezinha no sul dos Estados Unidos e, seu pai, Atticus, é um advogado justo e ético que defende um homem negro acusado de ter violentado uma mulher branca. A obra toca em diversos temas políticos ainda atuais, como desigualdade racial, estupro e justiça social.

Go Set foi escrito na década de 1950 e só não foi a estreia da autora porque seu editor, à época, rejeitou o livro. O Sol É para Todos, então, foi escrito, embora tenha sido lançado primeiro.

4. E depois de todo o barulho, será publicado em 2015

go set a watchman

Capa do novo romance de Harper Lee, que chega às livrarias em 14 de julho deste ano pela HarperCollins. Com tiragem de 2 milhões de cópias e sem revisões, o livro serve de sequência de O Sol É para Todos, e traz de volta Scout, mais velha, narrando um reencontro com seu pai, Atticus

LEIA TAMBÉM:

- Após morte do autor, novo livro da série 'Millennium' será lançado neste ano

- 9 orientações para os pais incentivarem as crianças a ler mais

- 'Não sou uma dessas': o livro de Lena Dunham