NOTÍCIAS
09/02/2015 16:17 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:54 -02

Empréstimo à empresa de Val Marchiori está sendo investigado pelo TCU

Montagem/Estadão Conteúdo

Além da investigação do Ministério Público Federal, o empréstimo polêmico de 2,7 milhões concedido por bancos públicos à empresa da socialite Val Marchiori também está sendo investigado pelo TCU (Tribunal de Contas da União).

Na última sexta feira (6), a Promotoria pediu a abertura de um inquérito documentos sobre empréstimos feitos à socialite desde 2009. O órgão está em fase inicial de checar a regularidade da operação concedida pelo Banco do Brasil, já que a empresária possui restrição de crédito e não havia quitado dívidas de empréstimos anteriores - o que, legalmente, inviabilizaria novas operações, como a que foi feita.

Aldemir Bendine, que era o presidente do Banco do Brasil na época das transações e assumiu na sexta feira (6) a presidência da Petrobras, pode ser multado, caso as irregularidades sejam confirmadas. Se o TCU entender que houve prejuízo nas contas, cabe a abertura de uma apuração especial para confirmar o valor do débito e impor a ele o ressarcimento.

(Com informações do Estadão Conteúdo)