COMPORTAMENTO
29/01/2015 17:05 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Dia da Visibilidade Trans: estudantes criam calendário estrelado por modelos transexuais (FOTOS)

Divulgação

Uma luta diária, política e social.

Foram estes três termos que direcionaram as ex-alunas da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), Mariana Moraes e Daniella Rodrigues, a criar um calendário 2015 apenas com modelos trans.

"Geni: Um ensaio fotográfico com corpos transitados", quer apresentar à sociedade transfóbica, violenta, produtora de invisibilidade e barreiras em que vivemos, que TODOS podem e devem ser reconhecidos como seres humanos e não classificados por questões de gênero.

“Buscamos trabalhar a performance em potencial que existe dentro desses corpos e que destoa do estereótipo estabelecido, apontando a possibilidade de romper com alguns estigmas.”, diz Mariana, ao salientar pontos que fazem do projeto algo singular e com importância social.

A ideia era utilizar apenas representações femininas. Segundo as organizadoras, "Geni" é um projeto que coloca em questão a representação dos corpos em trânsito, ao mesmo tempo em que desloca essas pessoas de um lugar de marginalidade para um espaço de visibilidade.

“Fechar um grupo bem diverso de pessoas foi muito enriquecedor para a proposta do projeto, conseguimos romper com alguns estereótipos físicos também”, considera Daniella Rodrigues.

Veja as imagens do calendário e, se você quiser, pode fazer o download por aqui.