NOTÍCIAS
27/01/2015 16:46 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

19 pessoas incrivelmente bem-sucedidas que começaram com fracassos

Divulgação

Quando se trata de realizar seus sonhos - e obter créditos por isso - tudo o que podemos dizer é: nunca subestime o poder do tempo.

O tempo não só concede a você a capacidade de usar seus talentos, perseguir seus sonhos e deixar uma marca duradoura no mundo, mas também dá espaço para que as pessoas ajustem suas percepções em relação às suas realizações. O sucesso e o fracasso não são medidas absolutas na vida de ninguém, mas sim os extremos opostos de um espectro que está constantemente em fluxo. As suas percepções atuais são tão válidas quanto você permita que elas sejam.

Estas histórias de 19 pessoas brilhantes só provam que um fracasso hoje pode não ser necessariamente considerado um fracasso alguns amanhãs depois de hoje.

Thomas Edison

Um inventor conhecido por seus muitos fracassos, bem antes de ser conhecido por seus sucessos, Thomas Edison foi considerado "muito burro para aprender qualquer coisa", de acordo com um de seus primeiros professores. No entanto, todo mundo conhece o nome do homem responsável pela invenção da lâmpada - mesmo que ele tenha feito 1.001 tentativas antes de acertar. Sua perseverança com esta invenção incorpora claramente a sua afirmação "Eu não falhei 10.000 vezes -- Eu fui bem-sucedido pois encontrei 10.000 maneiras que não funcionam."

Walt Disney

Até o chefe do maior império de animação do mundo teve uma fase difícil. Em 1919 ele foi demitido do jornal Kansas City Star porque "faltava imaginação e ele não tinha boas ideias", de acordo com o seu editor.

Os Beatles

Quando os Beatles participaram de um teste para a Decca Records, em 1962, Dick Rowe disse ao seu empresário Brian Epstein que "grupos de guitarra estão saindo de moda." Apesar dessa negativa, a banda de rock inglesa se tornou um dos grupos mais influentes de todos os tempos.

Herman Melville

Enquanto vivia, Moby Dick não foi considerada uma obra-prima. Depois de publicar o romance, Melville passou por dificuldades financeiras pelo resto de sua vida. Ele usou boa parte de sua poupança para publicar seu romance posterior Pierre, que também não foi bem recebido. No momento de sua morte, em 1891, ele era inspetor da alfândega das docas de Nova York.

Soichiro Honda

Quando Honda, o engenheiro cujo sobrenome deu origem à reconhecida empresa de carros, fracassou em conseguir um emprego na empresa concorrente, a Toyota, ele começou a fazer scooters na sua própria garagem. O mundo não poderia imaginar que essa época de desemprego iria levá-lo a criar um negócio de bilhões de dólares que conhecemos tão bem hoje.

Vincent Van Gogh

Seus quadros podem valer milhões hoje, mas ninguém realmente deu muito crédito durante a vida de Van Gogh. De fato, ele conseguiu criar quase 900 pinturas em um período de 10 anos, mas ele só viu uma única vendida (que foi para um amigo, a um preço muito baixo).

Taylor Swift

Ela tinha apenas 11 anos na época, mas a jovem e ambiciosa TSwift teve que lutar no início para encontrar uma gravadora em Nashville, Tennessee, que assinasse um contrato com ela. Durante as férias de primavera da escola secundária, ela fez um CD demo de seus covers de karaoke das estrelas country como Dolly Parton, Dixie Chicks e LeAnn Rimes para o Music Row e entregou cópias a tantas recepcionistas de gravadoras quanto podia, mas ela disse que ninguém a queria porque "todo mundo naquela cidade queria fazer o mesmo que eu queria fazer. "Ela claramente encontrou seu nicho, embora esta princesa musical, desde então, aprendeu a tocar vários instrumentos, tomou conta do cenário country e pop-rock do país e desafiou abertamente uma das mais famosas empresas de música streaming.

Stephen King

Este autor americano de gigantesco sucesso, conhecido por escrever histórias de horror e suspense, quase não teve sua grande oportunidade - umas 30 vezes! Foi com a ajuda de sua esposa Tabby que ele finalmente foi capaz de convencer Doubleday a publicar Carrie. Desde então ele se tornou o autor best-seller número 19 de todos os tempos.

Harland Sanders David

Nosso coronel favorito do Kentucky Fried Chicken com certeza teve que lutar para incluir sua receita secreta no mundo dos restaurantes. Ele foi rejeitado colossais 1.009 vezes antes de finalmente conseguir que o frango frito tivesse o gosto certo. Isso que é perseverança.

Charles Schultz

O famoso cartunista que trouxe ao mundo a tirinha "Peanuts" sofreu um pouco de rejeição no início de sua carreira. Nenhum dos desenhos animados que ele projetou para o seu anuário da escola tinha sido selecionado para ser publicado, e mais tarde Walt Disney recusou-lhe um trabalho. Parece que no fim foi bom ele acreditar que "você não pode criar humor da felicidade."

Elvis Presley

Antes que o Rei do Rock 'n' Roll se tornasse um grande sucesso, ele foi informado pelo gerente da Grand Ole Opry, em Nashville, que seria melhor que ele voltasse para o seu trabalho como motorista de caminhão em vez de perseguir uma carreira como músico. Elvis nunca mais retornou àquele palco para outra apresentação, mas é óbvio que ele não precisava voltar para provar que Jim Denny estava errado.

J.K. Rowling

Antes de J.K. Rowling alcançar grande sucesso com Harry Potter ela estava falida, era uma mãe solteira divorciada lutando para sobreviver com um programa de ajuda do governo. Em questão de cinco anos a série decolou levando-a a tornar-se a primeira escritora bilionária.

Akio Morita

O fundador da Sony foi considerado um grande fiasco no início ao fabricar uma panela de arroz que queimava mais do que cozinhava. Mas, apesar das pobres vendas iniciais – a Sony foi zombada como nova empresa pela comunidade empresarial -- Akio Morita encontrou uma maneira de transformar a marca na empresa multibilionária que conhecemos hoje.

Steven Spielberg

Ele pode ser um dos cineastas mais bem sucedidos do mundo atual, mas a Universidade do Sul da Califórnia se recusou a dar a Steven Spielberg uma chance na Escola de Teatro, Cinema e Televisão - três vezes. Ele claramente não aceitou um não como resposta e se tornou um administrador da escola que em 1994 lhe concedeu um diploma honorário.

Lady Gaga

Esta diva da música eletro-pop, nativa de New York, mostrou o quanto ela queria estar no centro das atenções nos primeiros anos da sua carreira. Depois de abandonar a Tisch School of the Arts da Universidade de Nova York para ir atrás de sua música e se juntar a uma grande gravadora, a Def Jam Recordings, ela foi deixada para trás apenas três meses após ter assinado contrato, o que a forçou começar tudo de novo.

F. Scott Fitzgerald

F. Scott Fitzgerald tinha altas esperanças para o seu romance de 1925, O Grande Gatsby. Ele esperava que fosse "algo novo -- algo extraordinário, belo, simples e intrinsecamente padronizado". Infelizmente o livro recebeu críticas mistas após o seu lançamento e as vendas se mostraram ainda piores. Foi só depois de sua morte, em 1940, e de ter pensando de si mesmo que foi um fracasso esquecido, que o livro ressoou no país, a ponto de se tornar um componente clássico de toda a educação de literatura de todos estudantes do ensino médio.

Albert Einstein

Einstein teve um início tardio, não falou até os 4 anos e aprendeu a ler aos 7 anos. Estes desafios não o impediram de ganhar o prêmio Nobel de Física pela descoberta do efeito fotoelétrico e por desenvolver a teoria da relatividade. Sem dúvida o pessoal da Escola Politécnica de Zurique lamenta ter rejeitado inicialmente o homem cujo nome é hoje sinônimo de "gênio".

Claude Monet

Um dos artistas mais conhecidos do movimento impressionista, Claude Monet, não foi muito elogiado por seu trabalho enquanto vivia. Na verdade, foi exatamente o contrário, com o Salão de Paris interminavelmente zombando e rejeitando a sua arte. No entanto, hoje Monet é considerado o "príncipe do impressionismo".

Emily Dickinson

As agora tão amadas cartas e poesia de Emily Dickinson fracassaram na ressonância com o seu público no início. Embora a autora no final tenha compartilhado cerca de 1.800 obras completas com o mundo, menos de uma dúzia delas foram publicadas durante sua vida.