Comportamento

4 vídeos que prometem desmistificar o que você pensa sobre o parto normal

Das parteiras tradicionais e "comadres" ao obstetra altamente especializado, com o passar do tempo e a evolução da medicina, o parto foi saindo da esfera familiar, deixando de ser visto como um processo natural, e aos poucos passou a ser encarado como um ato médico, muitas vezes com intervenções traumáticas e desnecessárias. Durante esse processo, o parto normal passou a ser alvo de preconceito.

O parto natural, feito em casa ou em centros médicos assistidos por enfermeiras obstetras, é melhor para mães e, na maioria das vezes, mais seguro para os bebês. É o que diz um estudo britânico divulgado pela BBC e o que o governo brasileiro pretende incentivar a partir de agora nos hospitais pelo país.

O problema é complexo e rende muitas discussões, mas o ponto é que qualquer passo nesse sentidopode ser considerado um avanço, já que enquanto a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que no máximo 15% dos partos sejam cesarianas, no Brasil, o índice é de 52%, chegando a 88% na rede privada.

A cesariana, quando não tem indicação médica necessária, pode ocasionar riscos desnecessários à saúde da mulher e do bebê: aumenta em 120 vezes a probabilidade de problemas respiratórios para o recém-nascido e triplica o risco de morte da mãe.

Inspirados por conseguir proporcionar um nascimento natural, saudável e extremamente participativo para seus filhos, alguns pais disponibilizam na web, vídeos que prometem desmistificar o que você pensa sobre parto natural. Selecionamos 4 deles:

1. Nascimento do Martim

2. Nascimento da Mariana

3. Nascimento da Isabella

4. Nascimento do Pedro