NOTÍCIAS
15/01/2015 16:06 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Oscar 2015: Esta é a edição mais 'branca' da cerimônia desde 1998

Paramount

Na manhã de hoje (15), foram anunciados os indicados ao Oscar deste ano. É impossível dizer quem levará a estatueta em cada uma das categorias, mas temos uma certeza: este é o Oscar mais 'branco' desde 1998, com uma notória escassez de indicados negros, latinos, asiáticos...

Isso parece um retrocesso na mesma indústria que, no ano passado, deu a "Doze Anos de Escravidão", um épico sobre escravidão, nove indicações e três prêmios — melhor atriz coadjuvante para Lupita Nyong'o, melhor roteiro adaptado para John Ridley e melhor filme. Em 2015, apesar de o longa "Selma", sobre a luta por direitos civis, receber indicações para melhor filme e melhor canção original, a ausência de negros comprova a teoria do ator Chris Rock.

Certa vez, ele disse que apesar de haver poucos negros na indústria, a Academia coloca, todo ano, um "não-branco" em categorias de atuação — melhor ator, melhor ator coadjuvante, melhor atriz e melhor atriz coadjuvante. Isso acontece desde 1998, mas não em 2015. Confira a lista:

 

Talvez uma das explicações seja a composição do quadro que vota para eleger os filmes indicados. De acordo com uma reportagem de 2012 do L.A. Times, aproximadamente 94% dos votantes são caucasianos, 77% são homens e a idade média é de 62 anos.