NOTÍCIAS
24/12/2014 15:38 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

A partir de hoje, 'A Entrevista' estará disponível em serviços como Youtube, Google Play e Xbox Video

Eric Charbonneau/Invision/AP
James Franco and Director/Producer/Screenwriter Seth Rogen seen at Columbia Pictures World Premiere of

Nem George R.R. Martin, nem Paulo Coelho. Em vez de aceitar uma das propostas feitas pelos escritores, a Sony Pictures Entertainment lançará A Entrevista em serviços de vídeo por demanda.

Um dia depois da Sony autorizar a exibição de A Entrevista em mais de 200 cinemas independentes nos Estados Unidos, veio a público a informação de que o estúdio deve lançar o filme no formato on-demand, ao custo de 6 dólares para locação e 15 dólares para compra. A partir das 4 horas da tarde de hoje, 24 de dezembro, o longa estará disponível no Youtube, na Google Play, no Xbox Video, em outros serviços do gênero e no site seetheinterview.com, de acordo com Brian Stelter, da CNN.

Na semana passada, o lançamento de A Entrevista era algo incerto. À época, Sony e as cinco maiores cadeias de cinemas dos EUA declararam que não iriam exibir o longa, cedendo assim às ameaças do grupo norte-coreano Guardiões da Paz (Guardians of Peace, ou GOP). O grupo é responsável por hackear e vazar arquivos da Sony há algumas semanas e, em seguida, ameaçar espectadores e proprietários de salas de cinema com atos de terrorismo. A decisão de não lançar o longa devido à pressão do GOP foi amplamente criticada por Hollywood e levou a Sony a mudar de ideia.

As ações e ameaças do GOP se devem ao fato do enredo do longa ser sobre um plano para assassinar o ditador norte-coreano Kim Jong-Un. Na comédia, Dave Skylark (James Franco) e seu produtor Aaron Rapoport (Seth Rogen) trabalham no Skylark Tonight, um programa de TV tão popular que é apreciado até por Kim Jong-Un. Quando descobrem que o ditador é fã do show, eles marcam uma entrevista com ele em Pyongyang, mas os planos muda quando a CIA os recruta para assassinar o líder comunista.

LEIA TAMBÉM

- George R.R. Martin oferece seu cinema para a exibição do filme 'A Entrevista'

- Paulo Coelho oferece 100 mil dólares para exibir 'A Entrevista'

- Hollywood critica Sony e redes de cinema por cancelarem estreia de 'A Entrevista'

- Sony Pictures volta atrás e permite que alguns cinemas exibam 'A Entrevista'