MUNDO
15/12/2014 13:56 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Polícia invade café onde homem mantinha reféns em Sidney

AP Photo/Rob Griffith

A polícia de Sidney invadiu um café no centro financeiro da cidade, onde um homem mantinha clientes e funcionários reféns desde o início da manhã desta segunda (15) – domingo a noite, em Brasília.

Segundo a polícia, três pessoas foram mortas na operação, incluindo o sequestrador.

Seis pessoas ficaram feridas, inclusive um policial. Anndrew Scipione, chefe da polícia de New South Wales, afirmou que o sequestro foi um incidente isolado e que a invasão do local foi motivada pelos disparos que os policiais escutaram vindo de dentro do café.

De acordo com relatos nas mídias sociais, após a invasão, barulhos de explosões foram ouvidos no local, e mais reféns deixaram o estabelecimento. No momento da invasão, 17 pessoas estavam no local - cinco conseguiram fugir após seis horas de sequestro.

Volley of gunfire rings out as #sydneysiege reaches violent and bloody showdown

A video posted by @carsonscottlive on

Segundo o Guardian algumas pessoas foram retiradas do local em macas. O jornal afirma que um dispositivo anti-bombas entrou no local.