Comportamento

Lista: os dez hábitos mais irritantes a bordo de um avião

Uma pesquisa encomendada pelo site de turismo Expedia apontou as atitudes a bordo de um avião que os passageiros americanos consideram mais irritantes.

O levantamento realizado pela consultoria GfK ouviu 1.000 viajantes, que citaram barulho, odores e chutes como fatores que acabam com o bom humor nas viagens.

A pesquisa apontou que 36% dos americanos pagariam mais para poder viajar em uma área mais tranquila do avião e que 78% até toleram uma conversa rápida durante o voo, mas preferem mesmo é ficar em silêncio.

De acordo com a enquete, 38% dos americanos defendem mais restrições e até o fim dos assentos reclináveis. Recentemente, um avião teve de ser desviado nos Estados Unidos por causa de uma briga por espaço entre as poltronas.

Um passageiro travou o assento da frente, impedindo que seu ocupante o reclinasse. O passageiro da frente não gostou, a discussão esquentou, e a tripulação acabou desviando a aeronave para expulsar os brigões.

O caso demonstra que, por mais irritante que sejam algumas atitudes a bordo, o melhor é tentar resolver tudo com uma conversa – rápida, de preferência. Em tempo: 78% dos que participaram da pesquisa consideraram que a maioria dos passageiros é atenciosa com os demais.

Confira o ranking dos comportamentos mais insuportáveis:

Chutadores
Thinkstock
Passageiros inquietos, que usam pés e joelhos para chutar quem está sentado logo à frente lideram a lista de reclamações da pesquisa encomendada pela agência americana Expedia. O levantamento mostrou que 67% dos entrevistados acham os 'chutadores' irritantes
Pais negligentes
Thinkstock
Pais que se distraem ouvindo música, lendo ou assistindo a filmes e deixam as crianças correndo pelos corredores ou fazendo bagunça irritam 64% dos entrevistados. Na pesquisa anterior, realizada no ano passado, os pais indiferentes lideravam as queixas dos entrevistados.
Odores
Thinkstock
Quem exagera no perfume ou se esquece do desodorante também incomoda. Na pesquisa, 56% das pessoas apontaram odores desagradáveis como um aborrecimento durante voos.
Barulho
Thinkstock
Passageiros que conversam, jogam videogames ou escutam música em volume alto foram alvo de reclamação de 51% dos entrevistados no levantamento encomendado pela Expedia
Bêbados
Thinkstock
Pessoas que exageram na bebida a bordo são um aborrecimento para metade dos que responderam à pesquisa. A Expedia observa que, enquanto metade dos passageiros fica irritada com quem bebe demais durante voos, apenas 12% dos americanos afirmam beber mais do que duas doses quando viajam de avião, seja a bordo ou enquanto aguardam no aeroporto. A conclusão da empresa é que quem exagera é considerado particularmente insuportável.
Amizade forçada
Thinkstock
Há quem goste de aproveitar o tempo livre durante um voo para conhecer pessoas. Mas, para 43% dos americanos entrevistados, quem puxa papo acaba se tornando um chato.
Excesso de bagagem
Thinkstock
Alguns passageiros simplesmente se recusam a despachar suas malas, lotando o bagageiro. No levantamento, 39% dos entrevistados consideraram esse hábito irritante.
Folgado
Thinkstock
É o passageiro egoísta, que não sabe dividir espaço com quem está ao lado, avança sobre os descansos das poltronas e invade o espaço alheio. Esse hábito irrita 38% dos entrevistados.
Conforto a qualquer preço
Thinkstock
Sem se importar com quem está logo atrás --que pode ser uma pessoa alta ou uma mulher grávida, por exemplo --, o importante para alguns passageiros é reclinar ao máximo a poltrona. Esse comportamento foi apontado por 37% dos americanos entrevistados como "irritante". Brigas por mais espaço entre as poltronas já provocaram desvios de voos nos Estados Unidos recentemente.
O apressado
Thinkstock
O avião mal pousou e alguns passageiros mais desesperados já se levantam e até pulam sobre quem está ao lado para ficar no corredor esperando a abertura das portas.Para 35% dos entrevistados, esse tipo de atitude, além de desnecessária, é muito deselegante.
Outros passageiros irritantes:
Thinkstock
Outros comportamentos insuportáveis citados pelos entrevistados incluem pessoas que leem ou assistem a conteúdo adulto (30%), casais que exageram na paixão durante o voo (29%) ou ainda quem tira os sapatos, considerado inadequado por 26% dos que responderam à pesquisa