NOTÍCIAS
10/12/2014 15:37 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

#ForaBolsonaro: Internautas resgatam campanha #NãoMereçoSerEstuprada para pedir a cassação de Jair Bolsonaro

Montagem/Reprodução Facebook

As declarações agressivas do deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) contra a parlamentar Maria do Rosário (PT-RS), proferidas no Congresso Nacional na última terça-feira (9), seguem reverberando nas redes sociais. Ao dizer que “não estupraria” a deputada “porque ela não merecia”, Bolsonaro ajudou a resgatar a hashtag #NãoMereçoSerEstuprada.

A hashtag surgiu de um protesto organizado pela jornalista Nana Queiroz em março deste ano, após dados de uma pesquisa do Ipea apontarem que 65% dos brasileiros acreditam que mulheres que usam roupas curtas merecem ser atacadas (e 66% dos entrevistados são do sexo feminino). Apesar dos erros apontados pelo instituto pouco depois, criou-se um movimento contrário ao machismo e à violência contra a mulher.

Galeria de Fotos Estupro e #ForaBolsonaro Veja Fotos

Bolsonaro foi alvo de outros parlamentares, jornalistas e internautas após as suas declarações. Muitas pessoas, porém, resolveram postar fotos com mensagens com a conhecida hashtag, acompanhada ainda de uma nova: #ForaBolsonaro.

Corre ainda nas redes uma petição online contra o polêmico deputado fluminense, eleito com mais de 464 mil votos nestas eleições. No Legislativo federal, PT e PCdoB prometeram entrar com representações contra Bolsonaro, apontando que o discurso do deputado feriu o decoro parlamentar, e que o Conselho de Ética da Casa deveria abrir um processo contra ele.

Como o Brasil Post já noticiou, engana-se quem pensa que Bolsonaro se arrependeu de toda a polêmica.