NOTÍCIAS
08/12/2014 12:08 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Última etapa do Circuito Mundial de Surfe tem início previsto para esta segunda e pode consagrar o brasileiro Gabriel Medina

THIAGO BERNARDES/FRAME/ESTADÃO CONTEÚDO

A última etapa do Circuito Mundial de Surfe, que será disputada em Pipeline, no Havaí, e definirá o campeão da temporada 2014, tem início previsto para esta segunda-feira (8) e poderá fazer com que o brasileiro Gabriel Medina se torne o mais novo herói do esporte brasileiro.

O surfista paulista de 20 anos depende apenas de si para faturar o inédito título para o Brasil e terá como concorrentes o australiano Mick Fanning e o norte-americano Kelly Slater, sete vezes campeão do mundo e considerado a maior lenda do esporte.

A última etapa do WCT terá início com uma triagem com 32 surfistas havaianos – os dois melhores se garantem no torneio. Junto a estes competidores, outros dois serão indicados pela patrocinadora do evento e pela ASP (Associação dos Surfistas Profissionais).

LEIA MAIS: Com Medina, Slater e Fanning, disputa pelo título evidencia duelo de gerações

Na manhã desta segunda, no horário local (à tarde para o Brasil), a organização vai definir se existem boas condições para iniciar a triagem. Por conta de uma grande ondulação no Oceano Pacífico, as expectativas é que a etapa seja disputada com boas ondas.

Na terça-feira (9), inclusive, há até a possibilidade de adiamento da disputa por conta das grandes ondulações que estão previstas para Pipeline.

Para ser campeão, Medina precisa chegar à final. Caso caia nas quartas ou na semifinal, o brasileiro terá que torcer para Mick Fanning não ganhe a etapa.

Se perder na quarta ou na quinta rodada, Medina acaba com as chances de título de Kelly Slater e terá que torcer para Fanning não chegar à final. Por fim, se perder na segunda ou terceira rodada, precisa torcer para Slater não vencer a etapa e Fanning não chegar à semifinal.