NOTÍCIAS
28/11/2014 00:28 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Em busca de mais transparência, lojas on-line do Brasil vão divulgar faturamento em tempo real durante a Black Friday

Andrew Kelly / Reuters

A organização da Black Friday vem se profissionalizando no Brasil.

Neste ano, um contador irá apurar em tempo real o faturamento de todas as lojas online brasileiras que participam do evento, que será realizado nesta sexta-feira (28). A expectativa é de que o dia de liquidações movimente R$ 1,2 bilhão ou 3,5% do faturamento do varejo online no ano.

A partir da meia-noite desta quinta-feira (27) para sexta, um hotsite criado pelo Busca Descontos, empresa que organiza o evento, e pela ClearSale, especializada na prevenção de fraudes, entrará no ar com os números sendo atualizados minuto a minuto.

Além do faturamento, haverá o número de pedidos, ticket médio gasto, as categorias mais clicadas e o índice de desconto médio.

A ideia surgiu para dar maior transparência ao evento. "Queremos ser os mais transparentes possíveis sobre o faturamento do e-commerce brasileiro neste dia, revelando caminhos e em tendências em tempo real", explica o fundador do Busca Descontos, Pedro Eugênio.

"Um diretor de uma varejista poderá, por exemplo, ver os segmentos que mais estão vendendo no resto do mercado e assim ser ainda mais agressivo nas promoções. Já o consumidor poderá ver aquelas categorias que estão mais bombando, além de ter uma ideia da média dos descontos praticados".

Próximo da meia-noite de sexta para o sábado (29) as informações de faturamento e dados relacionados serão fechados, com os valores finais sendo divulgados somente na segunda-feira (1º).

Isso porque parte das vendas é represada pelos lojistas e só processada posteriormente.