COMPORTAMENTO
26/11/2014 11:29 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Nos EUA, maconha também entra na Black Friday

Rodrigo S Barreto/Flickr

A Black Friday é a maneira que os lojistas americanos encontraram de aproveitar o dia de Ação de Graças. Na sexta-feira pós-feriado, o comércio dos Estados Unidos é bombardeado de ofertas e promoções gigantescas. A prática já até chegou ao Brasil.

Em 2014, porém, uma nova leitura do dia irá acontecer nos nossos vizinhos do norte. No Colorado, para celebrar a legalização do uso recreativo da maconha — que rolou no ano passado –, algumas lojas de ganja decretaram a Green Friday. A ação é quase tão criativa quanto o nome: maconha mais barata.

LEIA TAMBÉM

A loja que está liderando o movimento é a Grass Station. Lá, baseados que custam US$ 7 serão comercializados por apenas US$ 1! O preço de 300 gramas — que normalmente é de US$ 250 — vai cair para míseros US$ 50!

“Queremos ser levados a sério”, disse Conor Morrison, gerente da Grass Station, em entrevista a Bloomberg. “A nossa intenção é que a industria da maconha seja vista como uma indústria de verdade!”

A promoção é limitada a um número específico de unidades no estoque.