NOTÍCIAS
13/11/2014 11:46 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Com a página 'Indiretas do Bem', Jéssica Grecco e Ariane Freitas querem espalhar o lado bom das pessoas no Facebook (INDIRETAS)

Reprodução/Facebook/IndiretasdoBem

Você já foi gentil com alguém hoje?

Ou escolheu distribuir indiretas e alfinetadas por aí?

Jéssica Greco e Ariane Freitas, cansadas de 'farpas' nas redes sociais e também no mundo real, em uma atitude simples e não-tão-planejada-assim, resolveram espalhar gentileza por aí ao invés de retribuir agressividade com agressividade.Afinal, por que é que a maioria das pessoas só consegue destacar o lado ruim dos outros o tempo todo?

As meninas contam que, ao criar a página, se perguntaram: "vamos ver se coisa boa vocês também gostam de enviar". E não é que descobriram que a internet não é feita só de chorume? Em um mês, conquistaram mais de 100 mil fãs e não para de crescer o número de pessoas que compartilham pequenas gentilezas no ciberespaço.

"Tudo numa brincadeirinha para apaziguar os ânimos dos amigos, vê se pode. Não tem mesmo hora certa pra espalhar amor. E esse virou nosso objetivo de vida."

No ar desde 2012, a página Indiretas do Bem (que já tem mais de 6.960.014 curtidas no Facebook), comemora dois anos novar com uma edição impressa. Batizado de O Livro do Bem, a página agora virou um livro pra lá de divertido que quer colocar um sorriso no rosto e deixar o seu dia a dia mais alegre - e por que não mais leve?

Hoje, 13 de Novembro, é comemorado o Dia Mundial da Gentileza. Especial para o Brasil Post, Jéssica e Arianne revelam o que tem mais de mais valioso em espalhar gentileza pela internet e selecionaram suas indiretas preferidas para você começar a espalhar amor por aí também:

Compartilhe na sua timeline. Clique aqui!

Brasil Post: Uma 'farpa' que te marcou.

Jéssica Grecco: O Indiretas do Bem começou pelas farpas enviadas entre o nosso grupo de amigos, e por isso foi a mais marcante pra gente. Queríamos apaziguar os ânimos, deixar a timeline mais leve, e por isso fizemos a página - não foi nada planejado e contamos para poucas pessoas que era nossa até para não parecer que estávamos criando mais brigas e gerando confronto.

Ariane Freitas: Com certeza a farpa que fez com que criássemos o Indiretas do bem é a mais marcante - geralmente eu me incomodo na hora e depois deixo pra lá e esqueço tudo muito rápido, mas como essa acabou mudando nossa vida, vai ficar pra história. E a melhor parte é que nem foi diretamente com a gente nesse dia. Hahaha

Compartilhe na sua timeline. Clique aqui!

Brasil Post: Uma gentileza que te marcou.

Jéssica: Os comentários gentis acontecem todos os dias no Indiretas do bem. As marcações entre as pessoas sempre vem carregados de declarações e troca de gentilezas. É muito legal acompanhar os comentários da página por isso! O último que eu gostei muito foi "Gente que deseja boa sorte no ENEM" com as pessoas cheias de expectativas e realmente torcendo para os amigos se saírem bem. Mas todos os posts com frases de amor são os meus favoritos :)

Ariane: Eu acho que meu pai é um dos homens mais gentis que conheço e a maneira como ele me ajudou a lidar com os problemas esse ano me marcou muito. Mas como essa é muito pessoal e não vale, vou contar uma história que aconteceu na página: uma menina pediu para ajudarmos a conseguir doadores de medula óssea para um amigo com leucemia lá na página. Divulgamos a indireta “Gente que doa a medula óssea” e, na época, além da mobilização das pessoas para que todos doassem, surgiram depoimentos de gente que teve a vida salva por um gesto desse. Foi lindo e, além de motivar as pessoas no canal, ficou marcado pra gente.

Compartilhe na sua timeline. Clique aqui!

Um amor que te marca até hoje.

Jéssica: O amor dos animais, puro e sincero! Eu amo DEMAIS os animais e o amor incondicional dos bichinhos me encanta todos os dias. Tenho 4 gatos e sinto minha casa repleta de amor com eles envolta.

Ariane: O amor da minha família. Cada vez mais eu descubro que nunca haverá nada parecido na minha vida. Eles são minha fortaleza, me apoiam ate quando nem eu acredito muito no que estou fazendo e sobretudo me fazem sentir especial e parte de um amor incondicional.

Você é desses ou conhece alguém? Compartilha!

Brasil Post: Um bem que você já fez.

Jéssica: Doar sangue! Consegui doar no ano passado e foi uma grande alegria! No começo fiquei morrendo de medo, porque não sabia como era, mas conversei muito com as enfermeiras e médicos do Hospital do Câncer em SP aonde eu fui, e vi o quanto era importante doar. No final não doeu nada e ainda saí de lá muito feliz querendo doar sempre.

Ariane: Acho que o melhor que já fiz por mim e pelas outras pessoas - e que tento praticar diariamente - foi desenvolver a consciência de que as coisas podem sempre ser melhores e que devemos nos amar antes de tudo para que nossos objetivos se concretizem. Mostrar às pessoas o valor delas muda seus dias. Mas também gosto muito de visitar instituições de pertinho, conhecer melhor a realidade de pessoas com problemas e compartilhar isso com os outros, pra que todo mundo saiba que muitas vezes nossos problemas são pequenos e que ajudar a quem precisa faz bem.

Você também? Compartilhe!

Não tem mesmo hora certa para______?

Jéssica: Fazer um elogio sincero para quem a gente gosta. Abrir o coração é uma das melhores coisas do mundo!

Ariane: Espalhar amor - seja com grandes ou pequenos gestos. E desenhar ou cantar! <3

A gente sabe que você também gosta. Compartilhe!

Brasil Post:Para você, espalhar as Indiretas é_____?

J: Saber que fazemos o dia de alguém um pouquinho mais feliz! Conseguir fazer alguém sorrir é uma das coisas mais gratificantes da nossa vida hoje.

Ariane: Colocar um pouquinho de nosso carinho no mundo e receber um monte de carinho dos outros em retribuição. É inspiração. E, hoje em dia, é minha vida.