COMPORTAMENTO
03/11/2014 16:23 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Emma Watson é estrela da primeira edição da revista Elle britânica dedicada ao feminismo (FOTOS)

Não basta fazer um discurso emocionante (e incrível) sobre feminismo e divulgar a campanha #HeForShe na ONU: Emma Watson, definitivamente, é a nova cara da defesa da igualdade entre homens e mulheres. Para reforçar, ela é quem estrela a capa da revista Elle UK, primeira edição dedicada inteiramente sobre o assunto, que chega chegou às bancas da Inglaterra e já repercutiu pelo mundo.

Em editorial produzido por um time inteiramente feminino, a ativista de 24 anos aparece vestindo Stella McCartney, Chloé e Céline , com make simples e destaque às sobrancelhas marcadas. Em entrevista à publicação, ela aproveitou para "colocar a boca no mundo" e diz, com todas as letras: "o feminismo não está aqui para ditar regras."

“O feminismo não está aqui para te ditar regras. Não é prescritivo, não é dogmático (...) Todos nós estamos aqui para dar escolhas. Se você quiser concorrer à presidência, você pode. Se você não quiser, isso é maravilhoso também."

Emma contou à revista um pouco mais sobre o discurso (que se tornou viral em pouco tempo) e sobre o que acha da fama, além de dar sua opinião sobre o rumo que a luta pelos direitos das mulheres tomou.

“Estava muito nervosa. Não foi uma coisa fácil de fazer. Era como: ‘estou indo almoçar com essas pessoas ou vou ser devorada? Quanto mais tenho falado sobre o feminismo, mais vejo que a luta pelos direitos das mulheres é sinônimo de odiar os homem para a maioria das pessoas. Se tem uma coisa que tenho certeza, é que isso precisa parar”.

Durante seu discurso na ONU, a britânica deu exemplos de mulheres que superaram o preconceito e pediu para todos abraçarem a causa: "Quero que os homens se comprometam para que, assim, suas filhas, irmãs e mães se libertem do preconceito e também para que seus filhos sintam que têm permissão para serem vulneráveis, humanos e uma versão mais honesta e completa deles mesmos".

Tom Hiddleston, Logan Lerman e Chris Colfer, além do músico Harry Styles já aderiram à campanha. Veja mais aqui!