COMPORTAMENTO
28/10/2014 12:17 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Ansiedade: 5 coisas úteis para dizer a quem sofre deste mal

Thinkstock

Para aqueles que não foram diagnosticados com um transtorno de ansiedade, pode ser difícil compreender plenamente o que se passa dentro da mente dos milhões que vivem com essa doença.

O que exatamente você diria a um ente querido que esteja sentindo estresse extremo? Como você faria para que ele se sentisse melhor, se você não consegue entender o que está acontecendo? Pode parecer um desafio, mas a verdade é que os transtornos de ansiedade são mais fáceis de entender do que você imagina — e há maneiras de oferecer seu apoio, diz Todd Farchione, Ph.D., psicólogo clínico do Centro de Ansiedade e Doenças Relacionadas da Universidade de Boston, ao The Huffington Post.

"Estas são emoções humanas que todos nós experimentamos. Podem se manifestar como um medo profundo ou algum tipo de ansiedade para alguns, e podem se manifestar para você como qualquer outra coisa", diz Farchione. "O medo é algo que todos nós experimentamos. Por isso, quando falamos de alguém com ansiedade, basta realmente nos conectarmos com eles."

A chave para fazermos conexão com a pessoa que sofre de ansiedade é oferecer apoio sem julgamento, ele diz. Entes queridos podem pensar que estão ajudando ao dizerem a alguém que deve se acalmar ou parar de estressar com coisas pequenas, mas, na verdade, essas palavras poderiam agravar um desgastante problema de saúde mental.

Então o que devemos fazer e dizer? Veja cinco formas de dar apoio a alguém que está sofrendo com ansiedade.

 

Precisa de ajuda? Em todo o Brasil existe o CVV — Centro de Valorização da Vida. Basta uma ligação para 141 ou, se preferir, acessar um atendente especializado on-line no site cvv.org.br/site/chat.html.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.