NOTÍCIAS
25/10/2014 16:20 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Pesquisas sugerem 2º turno em eleição no Uruguai

Reuters

Pesquisas sugerem que nenhum dos dois principais candidatos à Presidência do Uruguai conquistará a maioria dos votos válidos na votação deste domingo (26), levando a disputa para um segundo turno no dia 30 de novembro.

A coligação Frente Ampla, do atual presidente José Mujica, que ganhou notoriedade internacional por reformas sociais que incluem a legalização da maconha e do casamento gay, enfrenta o Partido Nacional, de centro-direita.

LEIA MAIS: Uruguaios vão às urnas escolher o próximo presidente; veja 'balanço' do governo Mujica

O candidato da Frente Ampla, Tabare Vazquez, de 74 anos, foi presidente do Uruguai entre 2005 e 2010. Seu principal oponente, o candidato do Partido Nacional, Luis Alberto Lacalle Pou, de 41 anos, é filho de um ex-presidente. Em um distante terceiro lugar está Pedro Bordaberry, do Partido Colorado, cujo pai foi eleito presidente e se tornou um ditador.

A pesquisa realizada pela Factum com 2.008 entrevistados entre 4 e 19 de outubro mostra Vazques com 44% das intenções de voto, seguido por Lacalle Pou, com 32%. Bordaberry tem 15% da preferência do eleitorado uruguaio. Fonte: Associated Press

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost