NOTÍCIAS
21/10/2014 12:03 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Verona é punido por cânticos racistas contra Muntari

Divulgação

O Verona foi condenado a jogar a sua próxima partida em casa no Campeonato Italiano com uma parte do seu estádio fechada por causa do comportamento racista de alguns torcedores no último domingo, durante a derrota do time por 3 a 1 para o Milan, pela sétima rodada do torneio nacional. O próximo jogo em casa do Verona será diante da Lazio, no dia 30 de outubro.

A Lega Calcio, responsável pela organização do Campeonato Italiano, também multou o Verona em 50 mil euros (aproximadamente R$ 157 mil) em razão dos cânticos racistas direcionados ao meio-campistas ganê Sulley Muntari, além de mais 3 mil euros (R$ 9 mil) pelos insultos dos torcedores ao árbitro.

LEIA MAIS:

- Uefa suspende presidente da Federação Italiana de Futebol por racismo

- A Europa pobre, rica, gay e racista

Além disso, a liga multou a Inter de Milão em 30 mil euros (R$ 94 mil) pelos cânticos territoriais depreciativas dirigidas pelos torcedores ao fãs do Napoli durante o empate por 2 a 2, no último domingo.

Enquanto isso, os torcedores da Roma foram impedidos de ir ao jogo contra o Napoli, fora de casa, no dia 1º de novembro, depois de confrontos levaram à morte de uma pessoa, baleada, antes da decisão da Copa da Itália, em maio.