NOTÍCIAS
17/10/2014 12:23 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Governo da Nigéria anuncia acordo com Boko Haram para libertar mais de 200 meninas sequestradas

AP Photo

A agência de notícias oficial da Nigéria anunciou nesta sexta-feira (17) que o governo e os extremistas do grupo Boko Haram chegaram a um acordo para um cessar-fogo imediato.

De acordo com o chefe da equipe de defesa, Alex Badeh, as tropas irão cumprir o acordo a partir de hoje.

Em seguida, fontes do governo também afirmaram às agências que chegaram a um acordo para libertar as meninas que foram sequestradas em abril.

Segundo autoridades, as condições do resgate ainda estão sendo negociadas. Líderes do Boko Haram afirmaram que as alunas e outros reféns mantidos pelo grupo em cativeiro estão "vivos e bem".

No entanto, relatos não confirmados, dizem que algumas das meninas foram levadas para outros países e forçadas a se casarem com seus captores.

O Boko Haram sequestrou mais 276 meninas de uma escola em Chibok, no nordeste do país. Algumas garotas conseguiram escapar do cativeiro deste então, mas 219 seguem em poder do grupo.

A situação motivou protestos no mundo inteiro, pedindo que as jovens fossem postas em liberdade.

Segundo a Associated Press, pode levar dias até que a notícia do cessar fogo chegue a todos os combatentes do grupo, que estão espalhados por países vizinhos como Chade, Camarões e Níger.

O Boko Haram vinha exigindo a libertação de extremistas em troca da soltura das meninas.