NOTÍCIAS
14/10/2014 09:41 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, faz primeira aparição pública desde 3 de setembro

AP Photo

Após um sumiço de mais de um mês – a última vez que ele havia sido visto em público foi em 3 de setembro – o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, está de volta (pelo menos aparentemente).

Sua ausência em eventos públicos por 40 dias desencadeou uma especulação global de que algo estava errado com sua saúde. Durante o tempo em que Kim esteve sumido, várias enfermidades foram atribuídas ao homem mais poderoso da Coreia do Norte: gota, diabetes, hemorragia cerebral, uma lesão na perna, ou algum transtorno mental.

Ele foi mostrado na capa do principal jornal da Coreia do Norte, sorrindo e andando com uma bengala, durante uma visita ao Distrito Residencial Wisong Scientists – segundo o Telegraph, um espaço que vai abrigar cientistas que trabalham em satélites.

Uma reportagem divulgada pela agência estatal de notícias do país, a KCNA, não entrou em detalhes sobre a saúde de Kim, mas afirmou que ele sofria de um “desconforto”.

Segundo Michael Madden, autor do blog NK Leadership, a aparição de Kim é, provavelmente, uma resposta à atenção da mídia internacional em torno do seu sumiço.

"Também é interessante que sua primeira aparição seja em um complexo de apartamentos onde os cientistas envolvidos em um projeto de lançamento de foguetes vão viver", comentou.