COMPORTAMENTO
12/10/2014 10:12 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Nostalgia: no Dia das Crianças, redação do Brasil Post volta no tempo (FOTOS)

Reprodução

O que você quer ser quando crescer?

Qual era o seu maior medo?

Que boa recordação você carrega da infância?

Para celebrar o Dia das Crianças, repórteres, editores e grande parte da equipe do Brasil Post relembram sonhos, medos e algumas das maiores recordações da infância.

De "astronautas" e "caminhoneiros" que acabaram se formando como jornalistas ao menino que queira ser lixeiro ou o designer que gostaria de ser cowboy, volte no tempo para conhecer o passado da nossa redação.


André Carvalho

Repórter de Esportes

andré

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Jogador de futebol.

Qual era o seu maior medo?

Sempre pedia para minha mãe dormir só depois que eu dormisse. Acho que tinha medo de ficar acordado sozinho, sem nenhum adulto.

Uma boa recordação da infância.

Passei três anos da minha infância morando na fazenda e as minhas melhores recordações são dessa época. Gostava de jogar bola com os filhos dos caseiros no pasto, com trave de bambu improvisada. Um dia, desaguou uma tempestade, a ponte que ligava a fazenda à estrada caiu, o carro dos meus pai atolou no caminho, foi um desastre. Eles chegaram em casa exaustos, depois de horas de atraso, preocupados com as crianças. Eu e os meus irmãos brincando na chuva, dando "peixinho" no gramado, nos divertindo.


André Murched

Designer

andré

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Como eu assistia a muitos filmes de velho oeste com meu pai, tinha absoluta certeza de que seria cowboy quando crescesse.

Qual era o seu maior medo?

Eu tinha muito medo de vampiros e lembro de sentir um alívio enorme quando descobri que não eram de verdade.

Uma boa recordação da infância.

Me lembro de adorar as viagens que fazia com toda a minha família para a praia. Passei toda a minha infância em Belo Horizonte e ir a praia era um evento incrível.


Andréa Martinelli

Repórter de Comportamento e Diversão

andrra

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Depois de professora, vendedora e cozinheira: uma das Spice Girls.

Qual era o seu maior medo?

Depois da loira do banheiro e da professora de matemática: do escuro.

Uma boa recordação da infância

O cheirinho dos bolinhos de chuva da vó Landa depois da escola.


Cleber Facchi

Repórter de Cultura, Comportamento e Viral

cleber facchi

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Caminhoneiro. Um braço mais bronzeado que o outro; tomar banho em postos de combustível; dormir e cozinhar à beira da estrada e passar o dia ouvindo Roberta Miranda ou Chitãozinho e Xororó. Achava isso incrível. Todos os domingos acordava cedo para assistir Siga Bem Caminhoneiro no SBT.

Qual era o seu maior medo?

Quando criança, sem querer, um Papai Noel me deu uma varada e passei a sentir medo. Foi só quando um parente se fantasiou em um Natal que comecei a aceitar o "bom velhinho".

Uma boa recordação da infância.

Passar as férias de julho na casa da Vó Edite e Vô Felice. O barulho de quero-quero ao amanhecer, sonho de goiabada no café da manhã, brincar no chiqueiro, caminhar no meio das araucárias e encerrar o dia tomando uma Sopa de Agnoline. Tudo isso com aquele friozinho gostoso do Paraná.


Gabriela Bazzo

Repórter de Internacional

gabriela

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Atriz (do Castelo Rá-Tim-Bum, mais precisamente), Chiquitita, Astronauta (profissão muito adequada para quem tem medinho de avião, by the way), Guia turística, Médica, Aposentada (sério. eu falava isso para a minha mãe).

Qual era o seu maior medo?

De bruxa. Na verdade eu gostava da Bruxa Onilda, mas das outras eu tinha muito medo.

Uma boa recordação da infância.

O "lanche dos primos" - quando minha mãe levava eu e mais dois primos (depois nasceu mais uma, e a turma cresceu), toda a sexta-feira para lanchar depois da escola. Lembro das viagens de carro com meus pais nas férias, de passar a tarde lendo gibi da turma da Mônica e de fazer churrasco com a minha avó no verão


Ione Aguiar

Repórter de Ciências

ione

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Já quis ser bióloga marinha, arquiteta, musicista, guia turística e vendedora de raspadinha na praia.

Qual era o seu maior medo?

Na casa da minha avó tinha uma série de bonecas japonesas de porcelana que ficavam guardadas em redomas de vidro. Morria de medo que elas ganhassem vida e me matassem.

Uma boa recordação da infância.

Deslizar em pé pelo escorregador do prédio com chinelo Rider, deslizar pela escada da minha vó com calça de moletom, deslizar pela cozinha de casa com joelheira e cotoveleira. Acho que eu curtia deslizar nas coisas.


Jéssica Michellin

Repórter de Política e Economia

jessica

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Jogadora de vôlei, cantora, médica, dentista, apresentadora do Disk Mtv e atriz.

Qual era o seu maior medo?

Dormir no escuro.

Uma boa recordação da infância.

Brincar na rua de esconde-esconde a tarde toda


Luiza Bodenmüller

Editora de Blogs

luiza loca

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Eu acho que eu queria ser muita coisa, menos jornalista. Queria ser astronauta (e fiz até um curso de Astronomia por conta disso), jogadora de futebol e, segundo a minha mãe, até bombeira. Como deu pra perceber, nenhum desses planos foi adiante e hoje eu posso falar um pouco de cada coisa, na mesma profissão.

Qual era o seu maior medo?

Eu não era uma criança medrosa. Não lembro de nenhum medo específico.

Uma boa recordação da infância.

Se tinha uma época do ano que eu amava, eram as férias na praia: quase dois meses fazendo o que eu queria. Surfar, jogar taco e futebol na praia, fazer guerra de lama em dia de chuva, comer sonho e bolinho de chuva - era essa a minha rotina. E eu amava.


Otávio Dias

Editor-Chefe

otavio

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Presidente do Brasil! Até agora cheguei a síndico do meu prédio... e editor do Brasil Post... ha ha ha

Qual era o seu maior medo?

Não me lembro de ter medo.

Uma boa recordação da infância.

As férias de janeiro em João Pessoa, terra natal de meu avô, e as de julho na fazenda no Vale do Paraíba, com muitos passeios a cavalo.


Ricardo Anderáos

Diretor Editoral

ricardo

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Cresci nos anos 60, em meio à corrida especial entre EUA e URSS, vi o homem pisar na Lua AO VIVO: claro que eu queria ser astronauta.

Qual era o seu maior medo?

Pra quem nasceu em 1962? Que uma guerra nuclear matasse todo mundo no planeta... Tempos difíceis aqueles.

Uma boa recordação da infância.

Subir nas árvores, comer fruta no pe, fazer guerra de mamona com estilingue, essas coisas de vida de fazenda que era possível vivenciar no Alto de Pinheiros.


Rodolfo Viana

Repórter de Cultura e Comportamento.

rodolfo

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Queria muito ser lixeiro. eu achava o máximo ver os caras correndo atrás do caminhão de lixo, arremessando sacos e empoleirados na caçamba. Parecia divertido.

Qual era o seu maior medo?

Eu tinha muito medo de palhaços. Uma vez vi um filme de terror em que o serial killer era um palhaço assustador. Por isso, ir a circos me deixava muito apavorado.

Uma boa recordação da infância.

Quando eu tinha 5 anos, era apaixonado por uma menina chamada Renata. Eu lembro que, certa vez, no recreio, enquanto ela estava de costas, eu dei um beijo no ombro dela e saí correndo. Wstava morrendo de vergonha e imaginei que se corresse muito rápido, poderia ser mais rápido que a visão dela. Enfim, foi um dia legal.


Thiago Araújo

Editor de Mídias Sociais

tode

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Cantor, ator, dançarino, modelo fotográfico, manequim e fazer panfletagem.

Qual era o seu maior medo?

Que a menina que eu gostava no colégio não gostasse de mim se eu a pedisse em casamento. Hoje eu sou gay.

Uma boa recordação da infância.

Brincar de cientista misturando álcool, detergente e qualquer outro produto de cozinha pra depois jogar nos buracos de formiga e ver o que acontecia. Nada a ver.


Thiago de Araújo

Repórter de Política

araujo

Quando criança, o que você queria ser quando crescer?

Piloto.

Qual era o seu maior medo?

Provavelmente me sair mal na escola (sim, bizarro).

Uma boa recordação da infância.

Ter tido a oportunidade de ser verdadeiramente criança. Poder brincar na rua mesmo, algo que poucas crianças hoje em dia conseguem saber o que é.