NOTÍCIAS
10/10/2014 12:46 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Aécio não deve retirar proposta de redução da maioridade penal pelo apoio de Marina

Montagem/Estadão Conteúdo

O candidato à Presidência no segundo turno, Aécio Neves (PSDB), não deve acatar pedido de Marina Silva (PSB) para retirar proposta de redução da maioridade penal de seu programa. O grupo da ex-ministra, a Rede Sustentabilidade, exige que o candidato tucano refaça parte de suas propostas a fim de que Marina confirme seu apoio a ele no 2° turno.

Entretanto, é pouco provável que Aécio acate o pedido, já que o autor da proposta de emenda constitucional que reduz a maioridade para 16 anos em casos de crimes hediondos é o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), vice-presidente na chapa do tucano.

Dentre as mudanças propostas pela Rede, estão o "desengavetamento" da política de demarcação de terras indígenas e unidades de conservação, metas de assentamento para reforma agrária, educação em tempo integral, passe livre para estudantes de escolas públicas e 10% do orçamento da União para gastos com a saúde.

LEIA MAIS:

- Indecisa, Marina Silva aguarda resposta de Aécio Neves sobre programa de governo

- Recordar é viver: Aliados para o 2º turno, dirigentes de PSDB e PSB já trocaram farpas durante debates na TV

A lista foi recebida pelo deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), que levará aos coordenadores da campanha de Aécio. Marina teria dito que faria o anúncio nesta quinta-feira, mas acabou adiando até exista um acordo com o tucano.

O candidato também conta com o apoio da viúva do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), Renata Campos, que deverá ser anunciado neste sábado. PSC, PPS, PTB e PV já confirmaram apoio ao Aécio no segundo turno das eleições presidenciais.

Estratégia de campanha

Na tarde desta quinta-feira (9), Aécio divulgou um vídeo no WhatsApp em que ele pede ajuda contra "mentiras" na reta final da campanha.

"Estamos a poucos dias de mudar de verdade o Brasil. É claro que eles (PT) estão assustados. Então nessa hora vai vir a pancadaria, as ofensas, as calúnias", diz o candidato.

No vídeo, Aécio ainda pede que seus eleitores acessem seu site quando houver dúvidas sobre suas propostas de campanha.

"Viu algum boato? Manda que a gente responde!", conclui o tucano.

Com informações da Estadão Conteúdo