NOTÍCIAS
07/10/2014 19:21 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:03 -02

Colorir não é só para crianças: a atividade pode aliviar o estresse e você não sabia (FOTOS)

Colorir é uma atividade que costumamos associar às crianças. Conforme crescemos, vamos deixando de lado as canetas e os lápis de cor – a não ser para marcar textos. Mas a atividade de colorir pode ter benefícios para os adultos graças a suas propriedades desestressantes. Ela gera bem estar, tranquilidade e estimula áreas cerebrais ligadas à motricidade, aos sentidos e à criatividade. Em alguns países europeus, as editoras começam a explorar este potencial com cadernos de colorir para adultos. Na Espanha, a Espasa acaba de publicar Coloréitor, com ilustrações de Forges.

Um dos primeiros psicólogos a aplicar o colorir como técnica de relaxamento e de interpretação da mente foi Carl G. Jung, no começo do século 20. Ele usou com mandalas: desenhos circulares com formas concêntricas, similares aos rosetões das igrejas góticas, que têm origem na Índia.

Desestressa de verdade?

A atividade de colorir ativa áreas distintas dos dois hemisférios cerebrais, explica a psicóloga Gloria Martinez Ayala: “Atuam tanto a lógica, por causa das formas, como a criatividade, na mistura de cores. Além disso, são estimuladas as áreas do córtex cerebral ligadas à visão e à motricidade fina [coordenação necessária para realizar movimentos pequenos e precisos].

mandala

FOTO: FLICKR Duncan Blackwood

Colorir tem efeito desestressante porque, ao nos concentrarmos nessa atividade, nos afastamos do que nos preocupa. Além disso, “ela ativa nossa imaginação e nos remete à infância, um período em que seguramente a maioria sofria muito menos com o estresse”. Isso gera bem estar imediato, de maneira inconsciente, explica a especialista.

“Recomendo [colorir] como técnica de relaxamento”, afirma o psicólogo Antoni Martínez. “Serve para entrar em um estado mais criativo, mais livre.” Também para nos conectar com nosso sentimentos, pois escolhemos cores e intensidades de acordo com nosso estado de espírito. “Eu mesmo o faço. Aconselho um ambiente tranquilo, com música relaxante, para deixar fluir a cor e o traço.”

Livros de colorir para adultos

Em países como França e Reino Unido, os livros de colorir para adultos são sucessos de vendas. A editora francesa Hachette tem uma coleção chamada Art-Thérapie, com cerca de 20 títulos antiestresse com todo tipo de desenho, de livros de borboletas e flores a cupcakes, grafites e motivos psicodélicos. Na França, o livro O jardim secreto: pinte e encontre tesouros escondidos (M&E Books) chegou a entrar na lista dos mais vendidos, com 2.000 unidades vendidas por semana.

No Reino Unido, os livros da ilustradora Mel Simone Elliot são muito populares. Ela criou livros para colorir retratos de estrelas como Ryan Gosling, Lady Gaga, Beyoncé ou Kate Moss, na série Colour Me Good.

Essa tendência começa a chegar à Espanha. O desenhista Antonio Fraguas, Forges, publicou Coloréitor, “um livro antiestresse”, como proclama sua editora. O psicólogo Luis Rojas Marcos afirma na introdução que “colorir nos reconforta, nos dá sossego e prazer e nos libera – ainda que temporariamente – das pressões cotidianas (...) Mesmo que colorir por algumas horas não elimine os problemas que nos preocupam, nos distrai e afasta a nuvem do estresse”, escreve ele.

São 167 páginas de Cologendros – Forgendros para colorir --, exercícios e mandalas, “ótimos quando você tem aquelas conversas triviais por telefone com seu chefe”, brincou o autor em sua apresentação.

forges mandala

Se a ideia te pegou e você ainda não experimentou essa técnica de relaxamento, Forges dedicou este desenho aos leitores do El Huffington Post. Ele dá esses conselhos para os principiantes: “Apesar de estressado, o mais importante é que não faça força demais ao colorir nem use canetas à base de álcool, que perpassam o papel. O ideal é usar lápis de cor, mas com um simples lápis preto é possível obter 60 tons diferentes de cinza.”

gusano

LEIA MAIS:

- 5 maneiras como o estresse atrapalha o sono (e o que fazer contra isso)

- Descubra como ficar em silêncio pode ajudar você a aliviar o estresse do dia a dia