NOTÍCIAS
04/10/2014 19:34 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:03 -02

Protesto contra a homofobia reúne pelo menos 50 pessoas em frente à casa de Levy Fidelix

Montagem / Estadão Conteúdo

Manifestantes que defendem os direitos LGBT protestaram em frente a residência do candidato à presidência da República, Levy Fidelix(PRTB), no Campo Belo, zona sul de São Paulo, neste sábado (4).

Segundo a Folha de S.Paulo, a manifestação reuniu cerca de 50 pessoas, e vizinhos do candidato apoiaram os manifestantes. Fidelix não apareceu e manteve seu apartamento com as cortinas fechadas.

O evento foi articulado pelas redes sociais após as declarações homofóbicas que marcaram a campanha do candidato à presidência.

No debate transmitido pela Record, o candidato disse que era preciso "combater essa minoria" no país.

Suas declarações geraram polêmica e muita indignação. A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) pediu ao Tribunal Superior Eleitoral a cassação da candidatura de Fidelix por causa de seu discurso de ódio. A entidade também fez um requerimento de direito de resposta às declarações.

No debate da Rede Globo, transmitido na quinta-feira (2), os candidatos Eduardo Jorge (PV) e Luciana Genro (PSOL) afirmaram que Fidelix deveria pedir desculpas ao povo brasileiro por causa de suas declarações.

Galeria de Fotos Protesto contra Fidelix Veja Fotos
Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost