NOTÍCIAS
23/09/2014 19:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:57 -02

Zagueiro do Corinthians, Gil é alvo de ofensa racista no Instagram, mas não vai processar autor na Justiça

RODRIGO GAZZANEL/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Depois do goleiro Aranha, do Santos, outro jogador do futebol brasileiro foi alvo de uma ofensa racista, agora pelas redes sociais. O zagueiro Gil, do Corinthians, foi chamado de “macaco de m...” por uma pessoa com acesso à sua página na rede Instagram.

Identificado como “juniorrodrigguez”, o agressor tem o seu perfil fechado e, desta forma, não é possível visualizar outros detalhes sobre os seus conteúdos. No início da tarde, a assessoria de Gil informou ao site Lancenet que o corintiano iria entrar na Justiça contra o autor da ofensa. Horas depois, contudo, o jogador disse que não buscará a Justiça e disse apenas "querer encerrar o assunto".

Nas redes sociais, a solidariedade a Gil foi ampla – a exemplo do caso envolvendo Aranha.

Lamentavelmente, houve quem ainda usasse o novo caso para criticar o racismo envolvendo o goleiro santista.

Coincidência irônica

A ironia do caso é o fato do zagueiro ser o principal nome do Corinthians em uma coleção de camisetas recém-lançada para combater o racismo no futebol.

Está não é a primeira polêmica de Gil no Instagram. Ainda no domingo (21), após a vitória sobre o São Paulo no clássico, o zagueiro provocou o atacante rival Alexandre Pato, que não jogou e que até pouco tempo atrás esteve no time de Parque São Jorge.

O volante Souza, do São Paulo, acabou discutindo com o jogador corintiano, que depois pediu desculpas.