NOTÍCIAS
22/09/2014 19:45 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Messi é confirmado em lista da Argentina para enfrentar Brasil

BUENOS AIRES (Reuters) - O atacante Lionel Messi voltará à seleção argentina em amistosos na Ásia em outubro, que inclui jogos contra Brasil e Hong Kong, de acordo com a convocação divulgada nesta

Rich Schultz via Getty Images
EAST RUTHERFORD, NJ - JUNE 9: Neymar #11 of Brazil kicks the ball as Lionel Messi #10 of Argentina closes in during the second half of an international friendly soccer match on June 9, 2012 at MetLife Stadium in East Rutherford, New Jersey. Argentina defeated Brazil 4-3. (Photo by Rich Schultz/Getty Images)

BUENOS AIRES (Reuters) - O atacante Lionel Messi voltará à seleção argentina em amistosos na Ásia em outubro, que inclui jogos contra Brasil e Hong Kong, de acordo com a convocação divulgada nesta segunda-feira pelo técnico Gerardo Martino.

O treinador, que substituiu Alejandro Sabella depois que a Argentina chegou ao vice-campeonato mundial na Copa do Brasil, não convocou Ezequiel Lavezzi e outros 10 jogadores que estiveram na decisão contra a Alemanha.

Messi, que afirmou ter se sentido frustrado ao perder a final por 1 x 0 para a Alemanha, não jogou o amistoso em que sua seleção derrotou os alemães por 4 x 2, em setembro, por causa de lesão.

Apesar da boa fase na Juventus e da pressão da mídia argentina, Carlos Tevez também não está na lista, embora espera-se que num futuro não muito distante acabará sendo chamado.

Entre os que participaram do Mundial, não estão na lista dos 19 convocados o goleiro Mariano Andújar, os defensores Hugo Campagnaro, José Basanta e Ezequiel Garay (lesionado), os meias Augusto Fernández e Ricardo Alvarez, e os atacantes Rodrigo Palacio e Lavezzi.

Os novos convocados são o goleiro Nahuel Guzmán, do Newell's Old Boys, o defensor Santiago Vergini, da mesma equipe, Javier Pastore, do Paris Saint Germain, e Roberto Pereyra, da Juventus.

A Argentina enfrentará o Brasil no dia 11 de outubro, em Pequim, e no dia 14 vai a Hong King, enfrentar a seleção local, considerada pela Fifa como uma entidade distinta da China.

Veja a lista, que se completará com jogadores que atuam no futebol argentino:

Goleiros: Sergio Romero (Sampdoria, Itália), Nahuel Guzmán (Tigres, México).

Defensores: Mateo Musacchio (Villarreal, Espanha), Pablo Zabaleta (Manchester City, Inglaterra), Martín Demichelis (Manchester City), Marcos Rojo (Manchester United, Inglaterra), Santiago Vergini (Sunderland, Inglaterra) e Federico Fernández (Swansea)

Meias: Javier Mascherano (Barcelona, Espanha), Roberto Pereyra (Juventus, Itália), Lucas Biglia (Lazio, Itália), Javier Pastore (Paris Saint Germain, França), Angel Di María (Manchester United), Erik Lamela (Tottenham, Inglaterra), Enzo Pérez (Benfica, Portugal) e Nicolás Gaitán (Benfica, Portugal)

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona), Gonzalo Higuaín (Napoli) e Sergio Agüero (Manchester City).