NOTÍCIAS
11/09/2014 18:28 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:03 -02

Quais são os exércitos mais poderosos do mundo?

HOANG DINH NAM via Getty Images
Maritime policemen parade during official celebrations of the 60th anniversary of Vietnam's Dien Bien Phu victory over France at a stadium in the Northwestern town of Dien Bien Phu on May 7, 2014. War veterans, communist leaders and diplomatas gathered in Vietnam's Dien Bien Phu town to mark the 60th anniversary of the country's seminal victory over French colonial forces. AFP PHOTO/HOANG DINH Nam (Photo credit should read HOANG DINH NAM/AFP/Getty Images)

Medir o poder de um exército é difícil. Até porque, como prova a história das guerras, nem sempre vence o mais forte.

Por causa de fatores como a estrutura tática, a localização geográfica e até a opinião pública, por várias vezes o David venceu o Golias.

É o caso de episódios como a Ofensiva do Tet, quando os vietnamitas derrubaram o forninho do exército americano, e a Invasão da Baía dos Porcos, quando centenas de milhares de exilados anticastristas tentaram retomar Cuba com o apoio dos Estados Unidos e levaram a pior.

Para tentar ranquear o poder bélico de cada país, o Global Firepower montou uma fórmula com mais de 50 variáveis - localização geográfica, recursos naturais, contingente militar, tecnologia, entre outros.

O G3 dos exércitos não é surpreendente: os EUA que têm o maior orçamento e o maior número de aeronaves, ficaram em primeiro. Em seguida, vêm os russos que, apesar de terem um orçamento dez vezes menor que os americanos, têm o dobro de tanques. O terceiro lugar é da China, graças à enorme legião de soldados.

Ao contrário do que se possa pensar, o Brasil não ficou tão mal assim na lista. De acordo com o ranking, o exército brazuca é o 14º mais poderoso do mundo.

Veja quais são os 10 primeiros:

  • <a href=10º Japão" />
    ASSOCIATED PRESS
    Orçamento - US$ 49,1 bilhões
    Homens - 247.746
    Tanques - 767
    Aeronaves - 1.595
    Submarinos - 16
  • <a href=9º Coreia do Sul" />
    ASSOCIATED PRESS
    Orçamento - US$ 33,7 bilhões
    Homens - 640.000
    Tanques - 2.346
    Aeronaves - 1.393
    Submarinos - 14
  • <a href=8º Turquia" />
    ASSOCIATED PRESS
    Orçamento - US$ 18,2 bilhões
    Homens - 410.500
    Tanques - 3.657
    Aeronaves - 989
    Submarinos - 14
  • <a href=7º Alemanha" />
    Getty Images
    Orçamento - US$ 45 bilhões
    Homens - 183.000
    Tanques - 408
    Aeronaves - 710
    Submarinos - 10
  • <a href=6º França" />
    Associated Press
    Orçamento - US$ 43 bilhões
    Homens - 222.802
    Tanques - 423
    Aeronaves - 1.203
    Submarinos - 10
  • <a href=5º Reino Unido" />
    isafmedia/Flickr
    Orçamento - US$ 53,6 bilhões
    Contingente - 205.330
    Tanques - 407
    Aeronaves - 908
    Submarinos - 11
  • <a href=4º Índia" />
    ASSOCIATED PRESS
    Orçamento - US$ 46 bilhões
    Contingente - 1.325.000
    Tanques - 3.569
    Aeronaves - 1.785
    Submarinos - 17
  • <a href=3º China" />
    Associated Press
    Orçamento - US$ 126 bilhões
    Homens - 2.285.000
    Tanques - 9.150
    Aeronaves - 2.788
    Submarinos - 69
  • <a href=2º Rússia" />
    MATEUS_27:24&25/Flickr
    Orçamento - US$ 76,6 bilhões
    Homens - 766.000
    Tanques - 15.000
    Aeronaves - 3.082
    Submarinos - 63
  • <a href=1. Estados Unidos da América" />
    The U.S. Army/Flickr
    Orçamento - US$ 612,5 bilhões
    Homens - 1.430.000
    Tanques - 8.325
    Aviões - 13.686
    Submarinos - 72