NOTÍCIAS
11/09/2014 16:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:03 -02

FIA limita comunicação de rádio com pilotos da F1

Peter Fox via Getty Images
NORTHAMPTON, UNITED KINGDOM - JULY 09: Scuderia Toro Rosso radio headsets are seen during practice for the British Formula One Grand Prix at Silverstone on June 9, 2010, in Northampton, England. (Photo by Peter Fox/Getty Images)

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu proibir o uso das comunicações de rádios que possam ajudar na performance dos pilotos durante as corridas da Fórmula 1. Assim, a partir do GP de Cingapura, marcado para o dia 21 de setembro, haverá um limite nas conversas.

O diretor de provas da Fórmula 1, Charlie Whiting, enviou uma carta a todas as equipes avisando que mensagens de pilotos pedindo conselhos, ou das equipes informando os seus competidores sobre opções para melhorar o desempenho na pista não serão mais toleradas.

"A fim de assegurar os requisitos do artigo 20.1 do regulamento esportivo da Fórmula 1 seja respeitado em todos os momentos, a FIA pretende cumprir rigorosamente este regulamento, com efeito imediato", afirma Whiting no documento enviado para as equipes, lembrando o artigo que afirma que "o piloto deve pilotar o carro sozinho e sem ajuda".

Com isso, a FIA espera dificultar o trabalho dos pilotos e também torná-los mais independentes dos seus engenheiros. A proibição, no entanto, não se destina aos conselhos dados sobre as estratégias de pit stop ou questões de segurança.