NOTÍCIAS
08/09/2014 16:49 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

PM do Rio se envolve em nova polêmica com agressões no Dia da Independência (VÍDEO)

A Polícia Militar do Rio de Janeiro voltou a mostrar truculência no último domingo (7), quando foi comemorado o Dia da Independência do Brasil. Manifestantes organizaram um ato próximo ao desfile militar que acontecia na Avenida Presidente Vargas, quando foram reprimidos por PMs. Aparentemente, o protesto transcorria pacificamente, até a ação policial.

O caso foi acompanhado pela reportagem do jornal A Nova Democracia, que integra a mídia independente que vem atuando desde o ano passado, desde o início dos protestos que tomaram conta das ruas do Brasil e do Rio. Um jornalista do veículo acabou agredido durante a repressão da polícia.

Não é a primeira vez neste ano que em que a PM fluminense agride jornalistas e age com truculência. Em julho, um jornalista canadense levou um chute no rosto e teve o seu equipamento roubado durante uma ação da polícia. Segundo ele, a câmera foi levada por um PM, o mesmo que o teria agredido na ocasião.

Até o momento, a PM do Rio não se pronunciou sobre a operação no 7 de Setembro.

LEIA TAMBÉM

- Justiça do Rio mantém preso homem preso com ‘Pinho Sol molotov' durante manifestações de 2013 (VÍDEO)

- Sininho fala em ‘tortura' durante prisão de ativistas no RJ, enquanto MP aguarda decisão sobre habeas corpus (VÍDEO)

- Reunião tensa, declaração de amor e fala de desembargador: o dia foi quente para ativistas no Rio (VÍDEOS)