Os perigos das mochilas pesadas – e como as crianças podem usá-las com segurança (INFOGRÁFICO)

Com os estudos, a lição de casa e as atividades extracurriculares, ir à escola pode fazer as crianças sentirem o peso do mundo nas suas costas. E às vezes isso é literalmente o que acontece. Depois de incluir lanche, material escolar, cadernos e livros – que pesam cerca de 1,6 kg cada um – na mochila do seu filho, o peso que ele carrega para cima e para baixo pode ser enorme... e potencialmente perigoso. Segundo a Comissão Americana de Segurança de Produtos ao Consumidor, todo ano, pelo menos 14 mil crianças são tratadas por lesões causadas pelo peso das mochilas.

A Academia Americana de Cirurgiões Ortopedistas recomenda que o peso de uma mochila deve ser inferior a 10% do peso do corpo da criança, mas nem sempre este é o caso. Muitas vezes as crianças não usam as mochilas corretamente, aumentando o risco de lesões. “O uso impróprio das mochilas pode machucar músculos e articulações e podem provocar dores intensas no pescoço, nas costas e nos ombros, além de problemas de postura”, diz Daniel Green, cirurgião ortopedista e porta-voz da associação, ao The Huffington Post. (Mas as mochilas não causam escoliose, destacou Green).

É fácil perceber sintomas de que o peso é excessivo, diz Rob Danoff, osteopata e médico de família. Se as crianças grunhem ao colocar ou tirar a mochila das costas, têm marcas vermelhas nos ombros por causa das alças ou reclamam de dedos, braços ou ombros dormentes, as mochilas provavelmente estão pesadas demais.

Mas não se preocupe, as lesões são preveníveis e é possível que as crianças carreguem mochilas com conforto. Começando pelo começo: Elise G. Hewitt, presidente do Conselho Pediátrico da Associação Americana de Quiropraxia, recomenda comprar a mochila numa loja de artigos esportivos, pois os funcionários sabem recomendar os modelos mais adequados a cada cliente.

A, apesar de as crianças poderem reclamar, Hewitt reforça a importância de usar os suportes de cintura. “Os ombros não foram projetados para pendurar coisas”, disse Hewitt ao The Huffington Post, apontando para a razão pela qual os índios carregam coisas na cabeça. Usando o suporte de cintura, a maior parte do peso recai sobre a bacia, não sobre os ombros.

Este infográfico abaixo explica exatamente o que pode acontecer com o corpo do seu filho se ele carregar peso excessivo nas costas – e o que você pode fazer a respeito disso.