NOTÍCIAS
03/09/2014 16:51 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Para emagrecer, é melhor evitar carboidrato do que gordura, diz pesquisa

Shutterstock / Viktor1

Calma, calma! O bacon ainda não está liberado.

Mas de acordo com um estudo publicado nesta segunda (1) no Annals of Internal Medicine, evitar carboidratos é mais eficiente para perder peso do que cortar alimentos gordurosos.

A pesquisa, desenvolvida por médicos da Universidade de Tulane, nos Estados Unidos, comparou os efeitos de dietas restritivas a carboidrato e a gordura ao longo de um ano.

Os médicos dividiram 148 homens e mulheres em dois grupos. Parte adotou uma dieta de baixa ingestão de carboidratos. Outra parte adotou uma dieta de baixa ingestão de gordura. Nenhuma das duas dietas tinham um limite de calorias.

A perda de peso e a saúde cardiovascular foram avaliados três, seis e doze meses após o início do estudo.

Qual foi a conclusão?

Ao fim de um ano de dieta, aqueles que cortaram carboidratos perderam 3,5 quilos a mais que o outro grupo, em média.

E, por incrível que pareça, também apresentaram resultados melhores em relação à saúde cardiovascular.

O aumento dos níveis de HDL (colesterol bom) e a diminuição nos níveis de triglicérides e massa gorda foram superiores aos daqueles que cortaram a gordura do cardápio.

"Por todos esses anos, a mensagem tem sido sempre para que recorramos a dietas com baixa gordura", disse a pesquisadora Dra. Lydia Bazzano em um comunicado da universidade.

"Mas nós verificamos que aqueles que se submeteram à dieta com baixos carboidratos tiveram uma diminuição significativa no risco de doenças cardíacas estimadas para os 10 anos subsequentes do que o grupo que cortou a gordura".

Ainda assim, não custa lembrar que é preciso tomar cuidado com as gorduras saturadas e caprichar no azeite e no óleo de canola. Apenas 13% das calorias daqueles submetidos às dietas de baixo carboidrato vinham de gorduras saturadas como a manteiga.