NOTÍCIAS
31/08/2014 15:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Dunga corta Alex Sandro e Hulk por contusão e chama Marcelo e Robinho para amistosos

Montagem/Estadão Conteúdo

Titular durante a última Copa do Mundo, o lateral-esquerdo Marcelo está de volta à seleção brasileira. O jogador do Real Madrid foi convocado na manhã deste domingo (31) pelo técnico Dunga para os amistosos contra Colômbia e Equador, ambos nos Estados Unidos, em substituição a Alex Sandro, contundido. Outro que está de volta é o atacante Robinho, que vai substituir Hulk, outro cortado por lesão.

Alex Sandro precisou ser cortado por causa de uma lesão na coxa esquerda. O jogador se machucou na vitória do Porto por 2 a 0 sobre o Lille, na última terça-feira, em Portugal, pelo confronto de volta da fase final dos playoffs classificatórios para a fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Assim, Dunga cortou Alex Sandro e optou por convocar Marcelo, que havia ficado fora da lista inicial de convocados do treinador para os duelos com a Colômbia no dia 5 de setembro, em Miami, e contra o Equador, no dia 9 de setembro, em New Jersey.

Já o corte de Hulk aconteceu horas mais tarde, após o atacante do Zenit sentir dores musculares na partida contra o Lokomotiv de Moscou, pelo Campeonato Russo. Robinho foi a opção de Dunga para substitui-lo.

Com isso, nos primeiros amistosos da seleção após a Copa, a equipe contará com 11 jogadores que foram levados por Luiz Felipe Scolari para o Mundial. Além de Marcelo, Dunga também chamou o goleiro Jefferson, o lateral-direito Maicon, o zagueiro David Luiz, os volantes Luiz Gustavo, Fernandinho e Ramires, os meias Oscar e William e os atacantes Neymar e Hulk.

De volta à seleção, Marcelo vai disputar uma vaga para ser titular da seleção com o lateral-esquerdo Filipe Luís, que trocou o Atlético de Madrid pelo Chelsea na atual janela de transferências do futebol europeu.

A seleção se apresenta nesta segunda-feira (1) em Miami, local do amistoso contra a Colômbia, para iniciar a preparação para os dois primeiros amistosos depois da Copa do Mundo. Os membros da delegação que estão no Brasil têm viagem prevista para a noite deste domingo aos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM

- Convocação de Dunga irá mudar o rumo do Brasileirão?

- Dunga precisa de tempo, sem pressão por resultados imediatos

- Os 24 clubes de futebol mais endividados do Brasil