NOTÍCIAS
29/08/2014 09:51 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

PIB encolhe 0,6% no segundo trimestre de 2014, e economia entra em recessão técnica

Nilton Cardin / Estadão Conteúdo

O Produto Interno Bruto Brasileiro (PIB) caiu 0,6% no segundo trimestre de 2014, em relação aos primeiros três meses do ano. O indicador representa a soma de todos os bens e serviços produzidos no país em um determinado período e ficou em R$ 1,27 trilhão, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado do primeiro trimestre também foi revisado de uma alta de 0,2%, como havia sido previamente divulgado, para uma queda de 0,2%. Como o encolhimento soma dois trimestres a situação já é considerada "recessão técnica". Em 12 meses, há um crescimento acumulado de 1,4%.

O que puxou o resultado negativo foi o desempenho da indústria, que recuou 1,5% ,e do setor de serviços, com queda de 0,5%. A agropecuária teve variação positiva de 0,2%.

Dentro da indústria, o pior resultado foi da construção civil, com recuo de 2,9%. Já nos serviços, o comércio teve queda de 2,2%.

O resultado negativo foi resultado também da queda de 5,3% em investimentos (formação bruta de capital fixo).

LEIA MAIS

- Nordeste, Norte e Centro-Oeste superaram Sudeste e Sul no crescimento econômico

- Brasil desacelera e cresce 0,2% no 1º tri, com indústria e investimentos em queda

- O futuro promissor do Brasil