NOTÍCIAS
29/08/2014 20:58 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Eleições 2014: Marina Silva e Dilma Rousseff estão empatadas e polarizam pleito entre PSB e PT, aponta Datafolha

Montagem/Estadão Conteúdo

As candidatas Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) estão tecnicamente empatadas, segundo a mais recente pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada na noite desta sexta-feira (29). Ainda segundo o mesmo levantamento, em um eventual segundo turno, Marina vence Dilma por uma margem de 10 pontos percentuais, o que a coloca como favorita neste momento.

Tanto a pessebista quanto a presidente têm 34% das intenções de voto. Em relação à pesquisa anterior do Datafolha, do dia 18 de agosto, Marina subiu 13 pontos percentuais (tinha 21%), enquanto Dilma perdeu dois pontos. Em terceiro lugar está Aécio Neves (PSDB), que tem 15%, ante os 20% do levantamento anterior do instituto. Em seguida aparece o Pastor Everaldo (PSC), com 2%. Os demais candidatos, somados, possuem 1%.

Votos brancos e nulos são de 7%, mesma marca dos que não souberam responder.

O Datafolha simulou dois cenários de segundo turno. O primeiro entre Marina e Dilma, aponta a vitória da candidata do PSB por uma margem de 10 pontos percentuais (50% a 40%). Na pesquisa anterior, a margem da vitória de Marina sobre Dilma era de quatro pontos percentuais (47% contra 43%).

No segundo cenário, em uma disputa entre Dilma e Aécio, a petista vence o tucano (48% contra 40%). Não foi feita simulação de segundo turno entre Marina e Aécio.

Outros dados

Quando o assunto é a rejeição (aquele candidato em que o eleitor diz que não votaria de jeito nenhum), Dilma aparece com a maior taxa (35%), seguida de Pastor Everaldo (23%), Aécio (22%), Zé Maria (18%), Eymael (17%), Levy Fidelix (17%), Rui Pimenta (16%), Luciana Genro (15), Marina Silva (15%), Eduardo Jorge (14%) e Mauro Iasi (14%).

Já no quesito avaliação da presidente da República, a aprovação dela é de 35% (pessoas que consideram o governo ótimo ou bom). São três pontos percentuais a menos do que o levantamento anterior, do dia 18 de agosto. Já o número de pessoas que consideram o governo Dilma regular é de 39% (eram 38%), enquanto 26% (eram 23%) o classificam como ruim ou péssimo. Um por cento não sabe. A nota média do governo correponde a 5,9, contra 6,0 da pesquisa anterior.

Os dados do Datafolha se aproximam daqueles divulgados no começo desta semana pelo Ibope, os quais mostravam Dilma com os mesmos 34%, contra 29% de Marina e 19% de Aécio.

A pesquisa Datafolha foi encomendada pelo jornal Folha de S. Paulo e pela TV Globo. Foram entrevistadas 2.874 pessoas em 178 municípios, entre a quinta-feira (28) e sexta-feira (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.

O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.