NOTÍCIAS
27/08/2014 03:07 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:54 -02

Everaldo Pereira fala contra casamento gay em debate da Band e é detonado no Twitter

Reprodução

"Aqui não é Cuba. Defendo casamento de homem e mulher. E a redução da maioridade penal. Fiquem com Deus".

Foi assim que Everaldo Pereira, o Pastor Everaldo, candidato do PSC à presidência, terminou sua participação no debate da Band realizado na noite desta terça (26).

As contradições do candidato -- que parece querer privatizar o público e estatizar o privado -- irritaram tuiteiros durante o debate.

Veja, abaixo, algumas das respostas às declarações de Everaldo.

Propostas de Governo

As ideias que Everaldo apresentou durante o debate se resumem a: a) Reduzir o estado ao mínimo necessário b) Empenhar-se na proibição do casamento gay e do aborto em "defesa da família" c) reduzir a maioridade penal e criar um Ministério da Segurança Pública.

Tolerância Zero

Everaldo é tão polêmico quanto é repetitivo. Assim como em sabatinas e entrevistas anteriores, ele desfiou simplificações do pensamento conservador. Não faltaram clichês como "homem de bem", "o cidadão está preso em casa e bandido está solto na rua" etc.

Deu Tilt

Apesar da facilidade em expressar opiniões, Everaldo teve dificuldade de debater temas espinhosos. Perguntado pelo jornalista Boris Casoy sobre fator previdenciário, se embananou, limitando-se a dizer que iria "trabalhar para recuperar a perda do aposentado do nosso querido Brasil".