NOTÍCIAS
18/08/2014 09:47 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Marina Silva tem rejeição menor que Dilma Rousseff, Aécio Neves e Pastor Everaldo, diz Datafolha

MURILLO CONSTANTINO/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Um dos indicadores que também influencia no placar eleitoral é o índice de rejeição aos candidatos. Se a taxa é bastante elevada, a candidatura pode ficar comprometida. A ex-senadora Marina Silva, que deve ser oficializada como candidata à Presidência pelo PSB, tem esses números a seu favor.

De acordo com a pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (18), a primeira após a morte de Eduardo Campos, Marina é a menos rejeitada entre os candidatos com mais intenções de voto na corrida presidencial.

A seguir, a taxa de rejeição de cada presidenciável:

Dilma Rousseff (PT) 34%

Aécio Neves (PSDB) 18%

Pastor Everaldo (PSC) 17%

Zé Maria (PSTU) 16%

Eymael (PSDC) 13%

Levy Fidelix (PRTB) 13%

Rui Costa Pimenta (PCO) 13%

Luciana Genro (PSOL) 11%

Marina Silva (PSB) 11%

Mauro Iasi (PCB) 11%

Eduardo Jorge (PV) 10%

O mesmo levantamento mostra que Marina Silva empata com Dilma Rousseff no 2º turno e está mais competitiva que Aécio Neves.

A menor taxa de rejeição entre os principais presidenciáveis também aumenta a competitividade da candidatura de Marina.

A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente ainda não foi oficializada como candidata, mas o PSB deve chancelar o nome dela nesta semana.

A pesquisa foi realizada nos dias 14 e 15 de agosto. Foram entrevistadas 2.843 pessoas em 176 municípios. O registro no Tribunal Superior Eleitoral é: BR-00386/2014.