NOTÍCIAS
15/08/2014 08:49 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Alckmin ganharia eleições ao governo de São Paulo no primeiro turno com 55%, aponta Datafolha

Murillo Constantino/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

O atual governador de São Paulo e candidato à reeleição Geraldo Alckmin (PSDB) segue liderando com folga a corrida eleitoral pelo Palácio dos Bandeirantes.

Segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo, o tucano tem 55% das intenções de voto, resultado que garantiria a vitória no primeiro turno. Em segundo, aparece o candidato do PMDB, Paulo Skaf, com 16%. O petista Alexandre Padilha está em terceiro lugar, com 5%. Votos brancos e nulos somam 12% e 7% dos entrevistados não sabem em quem votar.

Os números são quase iguais aos do último levantamento do instituto. Em 17 de julho, Alckmin tinha 54%, Skaf, 16%, e Padilha, 4%.

Apesar da liderança folgada de Alckmin, o Datafolha testou um cenário de segundo turno entre o tucano e Paulo Skaf. Na projeção, Alckmin venceria o candidato do PMDB por 63% a 26%. A pesquisa também apontou a taxa de rejeição dos candidatos. Nesse quesito, Alexandre Padilha lidera com 28%. Skaf, com 20%, e Alckmin, com 19%, estão tecnicamente empatados. No mesmo levantamento, o Datafolha perguntou sobre a avaliação ao atual governador de São Paulo. Para 47%, o governo de Alckmin no Estado é bom ou ótimo. Outros 36% consideram regular. E para 14%, o governador é ruim ou péssimo.

A pesquisa Datafolha ouviu 2.045 eleitores em 56 municípios, entre os dias 12 e 13 de agosto. A margem de erro do levantamento é de dois pontos para mais ou para menos.

via:

LEIA TAMBÉM

- Cascão ou Alckmin: quem está falando a verdade sobre o racionamento de água em SP?

- Candidatos ao governo de São Paulo não são 100% transparentes na primeira prestação de contas

- Ibope: Geraldo Alckmin lidera com folga e venceria eleições no primeiro turno em São Paulo

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost