NOTÍCIAS
14/08/2014 12:54 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Irmão de Eduardo Campos defende candidatura de Marina à Presidência no lugar de Eduardo

Montagem / Estadão Conteúdo

O irmão do presidenciável Eduardo Campos, morto ontem em acidente aéreo, defendeu que Marina Silvasubstitua o pernambucano na disputa pela Presidência da República.

Antonio Campos afirmou em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo que irá defender publicamente e dentro do partido essa posição. "Marina vai agregar valor à chapa presidencial e ao debate no Brasil"

Ele irá encaminhar uma carta ao partido explicitando sua vontade. "Se meu irmão chamou Marina para ser sua vice, com esta atitude ele externou sua vontade", disse ao jornal, confiante de que seu pedido sera aprovado pelo PSB.

Antonio afirmou que Marina tem a capacidade de empunhar uma luta que crie novos caminhos para melhorar o Brasil. Ele disse não ter conversado com a possível presidenciável sobre o assunto.

O Datafolha incluiu Marina Silva como candidata à Presidência no lugar de Eduardo Campos em pesquisa que começou nesta quinta-feira (14).

De acordo com o jornal O Globo, Antonio defendeu a ideia em conversas com dirigentes do partido na quarta-feira (13). O PSB tem nove dias para registrar, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um novo candidato no lugar de Eduardo Campos.

Ainda de acordo com o jornal, há divergências sobre o assunto. "Há correntes no PSB que discordam e defendem que lancemos um candidato da própria legenda. Marina tem seu próprio grupo, que não é necessariamente o do PSB" disse ao Globo um dos dirigentes socialistas.

LEIA MAIS

- Datafolha inclui Marina Silva como candidata à Presidência no lugar de Eduardo Campos em pesquisa que já começou

- 'Uma tragédia que nos impõe luto e profunda tristeza', diz Marina Silva, abatida, sobre morte de Eduardo Campos

- Morte de Eduardo Campos: "Ele morreu lutando pelos seus ideais", diz irmão do ex-governador