NOTÍCIAS
12/08/2014 11:23 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:47 -02

Maluf diz que crise da água não vai afetar a mansão dele nos Jardins: 'sou engenheiro'

A coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, informa nesta terça-feira (12) que o racionamento de água de São Paulo não vai atingir a suntuosa mansão de Paulo Maluf (PP-SP). O deputado federal, candidato à reeleição, vive em um imóvel estimado em R$ 462.968,69, segundo a declaração dele à Justiça Eleitoral.

O casarão possui uma caixa d'água com capacidade extra para armazenar água, segundo a Folha. "Sou engenheiro; quando construí minha casa, fiz uma caixa de 25 metros cúbicos subterrâneos", disse Maluf.

A mansão fica na rua Costa Rica, no Jardim América. Os Jardins são uma das áreas mais nobres da capital paulista, onde o preço do metro quadrado chega a R$ 12 mil.

Com essa caixa d'água mais recheada que o sistema Cantareira, Maluf disse que "a crise da água" não vai afetá-lo.

Em maio, o pepista contestou os argumentos do governador Geraldo Alckmin (PSDB) de que a crise hídrica em São Paulo é decorrente apenas das condições climáticas – a maior seca dos últimos anos.

Na época, Maluf disse que não havia falta de chuva. "Isso é uma mentira técnica, faltou investimento", argumentou.

LEIA TAMBÉM:

- Chuva em São Paulo não resolve falta de água no Sistema Cantareira

- Cascão ou Alckmin: quem está falando a verdade sobre o racionamento de água em SP?