COMPORTAMENTO
08/08/2014 11:46 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Laura Pausini está indignada com repercussão de vídeo na imprensa: "Eu não estava nua"

A cantora italiana Laura Pausini tem algo a dizer sobre um vídeo que, supostamente, expôs suas partes íntimas.

Ela afirmou na última quinta-feira (8), em entrevista coletiva no México, que está completamente indignada com a repercussão e polêmica em relação a uma gravação em que, supostamente, aparece sem calcinha durante um show (assista acima).

As informações são da agência de notícias EFE.

Ao ser questionada se estava nua por baixo do roupão que usou em uma apresentação no Peru, no último dia 30, Laura respondeu firme e com indignação.

"É uma coisa ridícula”, disse. “Não é possível que se fale de um roupão que acabou abrindo, quando tenho uma carreira na qual ganhei quatro prêmios Grammy Latino, um Grammy, 20 prêmios na Europa e fiz muitos shows pelo mundo.”

E completou, dizendo, que não estava nua, e que faz questão de esclarecer a polêmica, já que alguns programas de TV deram ênfase à sua “gafe”.

"Não estava nua e quis esclarecer tudo isso porque ver programas de notícias que começam falando sobre isso, tanto na Itália quanto aqui, é uma falta de respeito com o público, não somente comigo.”, disse a cantora.

Atualmente, a cantora está no México para participar da quarta edição do programa "La Voz" - a versão mexicana do reality mundialmente famoso, "The Voice" -, em que irá dividir a bancada com Ricky Martin para escolher a melhor voz latino-americana.

Assim que viu o tamanho da repercussão, Laura enviou um comunicado FURIOSO à imprensa:

"Chega! Eu não aguento mais ouvir nenhum comentário sobre o que aconteceu no Peru.

Primeiro, eu não estava nua, como li em quase todos os lugares. Foi um acidente que fez sentir são envergonhada; nunca estive nessa situação, mesmo fazendo shows com vestidos.

Desta vez houve um pequeno problema com o vestido que eu iria usar, e subi ao palco de roupão, mesmo. Mas, repito, não estava nua.

O que me deixa indignada, é que o que aconteceu é tão pequeno e há tantas outras questões para se falar.

Li alguns comentários que disseram que, este grande momento constrangedor para mim, era, na verdade, uma “estratégia de marketing”. Como se eu precisasse!

É ridículo que isso anule tudo o que em 20 anos de carreira. Eu nunca tive uma polêmica? Talvez isso incomode.

Sério, vamos falar de coisas que importam. Falar sobre música, por que é isso que eu faço desde sempre. E o que eu disse: “Eu sou como todos”. Sinceramente, não é para se tornar notícia. Fechei com uma piada para aliviar o momento, já que realmente fui pega de surpresa.

Agora, eu acho estranho as palavras que eu disse e o meu nome virar uma hashtag nas redes sociais. Eu vou começar a relaxar e fazer piada sobre isso também, e não se surpreenda se eu der gargalhadas, mas, realmente, não é apropriado continuar a falar sobre esse assunto durante toda uma semana.

Infelizmente, a atenção deve ser dirigida para os relatórios reais de massacres de crianças em países que precisam de ajuda, e não se concentrar em Laura Pausini cantando no Peru. Ainda mais desta forma, não destacando sua carreira, e sim um vestido que se abre com o vento.

Estou no México agora para participar do The Voice e estarei em turnê pelo mundo todo por vários meses, usando o mesmo vestido de sempre. As músicas estão prontas para serem compartilhadas com aqueles que me seguem.

Não há nenhuma estratégia por trás. É apenas o meu coração ligado com os dos meus fãs e seguidores, que gostam da minha música e que não estão cansados depois de passar duras horas em um show, cantando NOSSAS músicas.

Quero vê-lo em 15 de agosto, em Monte Carlo; em 9 de setembro, em Verona; e, em seguida, em outubro para a turnê americana do meu novo disco que começa no México, em novembro, e em fevereiro na Rússia e Austrália.

Até breve,

Laura.