COMPORTAMENTO
05/08/2014 11:02 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

16 situações que só quem está chegando aos 30 anos vai entender

Depois que você sai dos seus 20 e poucos anos, fica ainda mais exigente e poderosa. Não se contenta com pouco e se sentir confortável tornou-se uma prioridade. Conheça as atitudes que são comuns na vida das mulheres que estão prestes a completar 30 anos.

1. Eu realmente devo ir àquele casamento?

Além de a festa ser em outra cidade, os presentes mais baratos da lista já foram comprados. É verdade que a noiva já segurou o seu cabelo enquanto você vomitava durante aquela festa da faculdade, mas convenhamos, você não sabe nem o sobrenome do noivo.

2. Trocar a academia pela nova temporada de "Orange is the New Black"

Porque a vontade de saber o que acontece no próximo episódio supera a de perder uns quilinhos!

3. Deixar de se sentir uma megera no trabalho

Quando você subiu de cargo, tinha receio de pedir algumas coisas para a estagiária (afinal, você já tinha sido uma também). Agora é compreensível a diferença entre solicitar algumas cópias e exigir um café da manhã na sua mesa. Porque, se não fosse essa ajuda, você trabalharia umas 12 horas por dia.

4. Deixar de guardar dinheiro

Agora que você não mora mais com seus pais, seu dinheiro desaparece quando as contas chegam. É o plano de saúde, o telefone, o seu cabeleireiro...

5. Se sentir por fora

"Aquela Taylor Swift é cantora, atriz ou blogueira?".

6. Tornar-se obcecada por tratamentos estéticos

É difícil contar quantos cremes anti-idade existem na sua coleção. Você passa horas em frente ao espelho examinando todas as suas marcas de expressão, que são diferentes das rugas, claro.

7. Ouvir perguntas sobre o "seu casamento"

Você não namora. E toda vez que a sua tia-avó te encontra, pergunta a data do casório.

8. Não ter paciência para shows

Aquela "muvuca" não te anima mais. Baladas, festivais e qualquer lugar que envolva superlotação de pessoas e filas te desanima. Sem contar a espera para ir ao banheiro. É nesta hora que a sua cama parece ser, definitivamente, o melhor lugar do mundo.

9. Alimentação é importante sim!

Antigamente você se entupia de tranqueira. Fast food, salgados e pães da batata faziam parte da sua dieta, já que a preguiça de cozinhar imperava! Afinal, você só sabia fazer miojo e ovo frito. Agora, você se interessa por programas de culinária e passa um tempão analisando rótulos e calorias. O seu corpo agradece!

10. Viciada em cafeína

Não dá para sair de casa sem tomar uma xícara de café. Esperar até chegar ao trabalho para pedir um expresso já está fora de cogitação. Não tem mais jeito, você parece zumbi se não toma café quando acorda. Já tem até uma cafeteira em casa e ela é o seu maior xodó!

11. Perder o pique durante a semana

Antes, qualquer dia era dia. Segunda, terça, quarta... Você e seus amigos até tinham conta no bar da faculdade. Hoje, você não é mais capaz de aguentar uma noitada durante a semana. Acorda quebrada e com dor de cabeça.

12. Você não quer mais dividir o apartamento

Em tempos de faculdade, morar em uma república com mais quatro meninas era uma festa! Hoje você não quer nem pensar em dividir uma casa, quanto mais seu quarto. Quer silêncio, sossego e uma decoração que seja a sua cara.

13. Ir a um encontro às cegas

Sua amiga não parava de falar o quanto o amigo do namorado dela combinava com você. Ela dizia que ele também estava solteiro e lhe faria uma ótima companhia. Você topou, e o date e até que foi legal. Mas, vamos combinar, você NUNCA tinha se imaginado nesta situação!

14. Questionar o seu guarda-roupa

Você não usa mais aquele vestidinho de balada apertado e com um decote de cair o queixo. Mas toda vez que faz uma limpa no armário, fica se perguntando se deve se livrar dele. Não combina mais com seu estilo. Mas, quem sabe, da próxima vez que você sair de um relacionamento, ele entre em cena para você arrasar e se sentir fatal!

15. Você parece a sua mãe

De repente alguma frase sai da sua boca e você sente calafrios. Pronto, você acabou de falar igualzinho a sua mãe!

16. Ter anotado na agenda o próximo encontro com as suas amigas

Na época da faculdade, bastava um telefonema para a turma toda se reunir. Depois que todos começaram a trabalhar, ter maridos, filhos, gatos e cachorros, a saída semanal de vocês tornou-se bimestral. Hoje, vocês trocam e-mails e planejam até dois meses antes o próximo jantar.

via: