NOTÍCIAS
24/07/2014 16:06 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Acidentes de avião de 2014 já somam mais mortes do que em 2012 e 2013 juntos

AFP via Getty Images
Sao Paulo, BRAZIL: Firefighters try to extiguish the fire around the wreckage of a TAM Brazilian airlines A320 passenger aircraft that crashed 17 July, 2007 while landing at Congonhas airport in Sao Paulo, Brazil. The plane with 170 people on board crashed into a gas station and started a fire after skidding off a wet runway, local media reported Tuesday. The airplane landed from Porto Alegre, to the south, skidded off the runway, which was wet from rain, and slammed into a gas station outside the airport perimeter, witnesses said. The airport was immediately closed to air traffic and flights are being diverted to other airports serving the Sao Paulo area, local media said. There was no word yet on potential casualties whatsoever, said TV Globo. AFP PHOTO/EVERTON DE FREITAS/AE (Photo credit should read EVERTON DE FREITAS/AFP/Getty Images)

Mal chegamos ao segundo semestre e o número de vítimas de desastres aéreos neste ano já é maior do que em 2012 e 2013 somados. As informações são do repórter Ricardo Gallo, da Folha de S.Paulo.

De acordo com dados da Aviation Safety Network, sem contar os 116 passageiros do acidente da Air Algerie que aconteceu hoje, até agora 603 pessoas morreram em acidentes de avião desde o início do ano.

LEIA TAMBÉM:

- Avião desaparecido caiu, diz agência da Argélia

- Avião cai em Taiwan com 58 pessoas a bordo (FOTOS E VÍDEO)

- Avião derrubado na Ucrânia: comandante rebelde admite posse de sistema de mísseis BUK

Mas isso não quer dizer que voar seja inseguro. Na última década, dois a cada 100 milhões de passageiros morreram em acidentes aéreos.

Para ter uma base de comparação, nos Estados Unidos a taxa de vítimas de acidentes de carro é oito vezes maior, de acordo com a agência AP.

Reportagem publicada na Superinteressante aponta as principais causas de acidentes e afirma: julho é o mês em que, historicamente, há mais acidentes. Cerca de 9,7% dos desastres aéreos ocorrem no mês.

O UOL publicou uma lista com os 10 acidentes aéreos mais fatais. Veja:

Veja os 10 acidentes aéreos mais fatais, segundo o UOL

583 vítimas - 27 de março de 1977

Dois jatos jumbo colidiram na pista de aterrissagem do aeroporto de Santa Cruz de Tenerife, nas Ilhas Canárias. Eles foram desviados porque o aeroporto de destino de ambos, Las Palmas, foi fechado após a descoberta de uma bomba.

520 vítimas - 12 de agosto de 1985

Um Boeing 747 da Japan Airlines perdeu as funções do controle de voo primário devido a uma ruptura no sistema de pressão e chocou-se contra uma montanha no Japão.

349 vítimas - 12 de novembro de 1996

Um avião que ia do Cazaquistão para Deli, na Índia, chocou-se no ar com um voo da Saudi Arabian Airlines que saia da capital indiana para a Arábia Saudita.

346 vítimas - 3 de março de 1974

Um DC-10 da companhia aérea Türk Hava Yollari que ia de Istambul para Paris e Londres, caiu por uma pane após pousar na capital Francesa, reabastecer, embarcar mais passageiros e partir para a Inglaterra.

329 vítimas - 23 de junho de 1985

Boeing 747 da Air-India cai perto da costa da Irlanda depois da explosão de uma bomba em sua fuselagem.

301 vítimas - 19 de agosto de 1980

Um jato L-1011 da Saudi Arabian Airlines explode durante pouso de emergência em Riad devido a fogo no compartimento de carga.

290 vítimas - 3 de julho de 1988

Um Airbus A-300 da Iran Air foi derrubado por um porta-aviões norte-americano sobre o Golfo Pérsico.

275 vítimas - 19 de fevereiro de 2003

Um avião da Força Aérea da Guarda Revolucionária Iraniana chocou-se com um pico das montanhas de Sirach.

271 vítimas - 25 de maio de 1979

Um DC-10 da American Airlines caiu pouco depois de decolar de um aeroporto de Chicago devido a um problema na asa esquerda.

10º 269 vítimas - 1 de setembro de 1983

Um Boeing 747 da Korean Air Lines foi derrubado por um caça soviético após entrar no espaço aéreo da União Soviética, perto da ilha Sakhalina.