NOTÍCIAS
21/07/2014 18:14 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Em baixa e sem festa, Seleção Brasileira completa 100 anos nesta segunda

Reprodução / CBF

Vivendo a maior crise de sua história, ainda ressentindo-se da goleada sofrida nas semifinais da Copa do Mundo disputada em sua própria casa, a Seleção Brasileira tem ganhado as manchetes da imprensa esportiva com o iminente anúncio de Dunga como seu próximo treinador. Neste dia 21 de julho, porém, outro fato emblemático joga luzes no selecionado que por muitas décadas foi associado a um futebol vistoso, mas que teve sua mística arranhada no Mundial do Brasil, recém-encerrado: há exatos 100 anos, a equipe nacional disputava sua primeira partida, contra Exeter City, da Inglaterra, com vitória de 2 a 0.

A partida, disputada antes da fundação oficial da CBD (Confederação Brasileira de Desportos), que só se daria em 20 de agosto daquele ano, foi realizada no Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, e organizada pela Federação Brasileira de Sports, pioneira agremiação a comandar o futebol brasileiro, fundada em 8 de junho daquele ano.

Contando com uma Seleção Brasileira formada por uma mescla de atletas do time da casa, o Fluminense, com outros jogadores de São Paulo (alguns craques da época, como o goleiro Marcos Mendonça e o atacante Friedenreich estiveram em campo), o escrete nacional venceu os ingleses, que disputavam a terceira divisão do campeonato inglês na ocasião, com gols de Oswaldo Gomes e Osman.

De lá para cá, o Brasil já disputou 1141 partidas (entre oficiais e não-oficiais), tendo sido a única equipe a participar de todas as Copas do Mundo e ostentando a marca, ainda exclusiva, de cinco conquistas, em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Além disso, a Seleção teve a honra de contar com alguns dos maiores atletas da história, como Pelé, Leônidas da Silva, Garrincha, Zico, Romário e Ronaldo.

As comemorações da efeméride pela CBF foram tímidas. Neste domingo, foi organizado um jogo no Estádio das Laranjeiras, palco da seminal apresentação da Seleção, com o Exeter City, mas divergências dos organizadores do amistoso com a entidade que controla o futebol brasileiro impediram que a Seleção Brasileira – mesmo que de uma categoria inferior, sub-20 ou sub-17 – participasse do evento. Sendo assim, uma equipe sub-23 do Fluminense representou o futebol nacional no prélio.

Antes do empate em 0 a 0, que valeu ao clube inglês, atualmente na quarta divisão do Campeonato Inglês, a Taça Marcos Carneio de Mendonça, foi exposta no campo a bola usada no confronto ocorrido há um século.

A CBF não programou nada para esta segunda-feira para celebrar a data tão emblemática. Nesta terça-feira, data em que será apresentado o novo treinador da Seleção Brasileira, Dunga, o presidente da entidade, José Maria Marin, deve fazer apenas um pronunciamento sobre o centenário da Seleção Brasileira.