NOTÍCIAS
09/07/2014 10:52 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Semifinal da Copa 2014: Holanda x Argentina, um jogo sem favorito

Getty Images Sport

De um lado Arjen Robben, finalista da última Copa e campeão mundial pelo Bayern de Munique. De outro, Lionel Messi, quatro vezes melhor do mundo pela Fifa e principal estrela do Barcelona. O duelo dos canhotos é apenas mais um que promete agitar a semifinal desta quarta-feira (9), às 17h, no Estádio Itaquerão, em São Paulo.

As duas seleções apostam na força de seus ataques para chegar a mais uma final. Além de Robben, a Holanda conta com Sneijder e Van Persie. Desfalcada de Di Maria, a Argentina confia na genialidade de seu camisa 10 e nos gols de Higuaín, que desencantou e marcou o gol da vitória contra a Bélgica pelas quartas-de-final.

Para o setor defensivo, o técnico holandês Van Gaal pode promover o retorno do volante De Jong, que se lesionou na fase de grupos, esteve praticamente fora da Copa, mas já aparece como opção para a semifinal. Já a defesa “hermana”, que chegou ao Brasil sob a desconfiança de torcedores e imprensa, foi vazada apenas três vezes e há duas partidas não sofre gols. Contudo, o duelo contra o ataque da Holanda pode ser considerado o primeiro grande desafio para a zaga argentina.

Outra “arma” que pode decidir em favor da Laranja Mecânica é o goleiro reserva Krul. Pelas quartas de final, ele substituiu o titular Cilessen nos minutos finais da prorrogação contra a Costa Rica e com duas defesas na disputa de pênaltis (Krul acertou o canto nas cinco cobranças) garantiu a Holanda na semifinal. É bom a Argentina vencer nos 120 minutos.

LEIA MAIS:

- Seleção Brasileira sofre a maior humilhação de sua história

- Klose marca contra o Brasil e quebra recorde do Fenômeno

Em Copas do Mundo, as seleções já se enfrentaram em quatro oportunidades. Em 1974, o Carrossel Holandês, liderado por Johan Cruyff, atropelou a Argentina: 4x0. Na final de 78, os “hermanos” levaram a melhor e venceram por 3x1 após empate no tempo normal. Mario Kempes marcou duas vezes e foi o nome do jogo. Nas quartas de final de 1998, a Holanda venceu por 2x1, com um lindo gol de Bergkamp nos minutos finais de partida. Os rivais voltariam a se enfrentar pela Fase de Grupos de 2006 e já classificados para a próxima fase, empataram por 0x0.

Campeã mundial em 1978 e 1986, a Argentina busca seu 3º título e sua 5ª final (perdeu em 1930 e 1990). Já a Holanda busca manter viva a esperança pelo inédito título mundial. A seleção já foi vice em 1974, 1978 e 2010.