NOTÍCIAS
26/06/2014 18:52 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Definidos os confrontos das oitavas de final da Copa do Mundo

Ivan Sekretarev / AP

Depois de uma primeira fase empolgante, com muitos gols, enormes surpresas e partidas decisivas logo nas primeiras rodadas, a Copa do Mundo, considerada por muitos a melhor das últimas décadas, chega à fase de mata-mata, onde erros não são tolerados e deslizes podem significar a eliminação. Com favoritos, como a Espanha e a Itália, já desclassificados, e surpresas, como a Costa Rica e o Chile, classificados, apenas 16 equipes ainda acalentam o sonho da conquista mundial.

Os destaques das oitavas de final ficam por conta dos duelos entre sul-americanos, Brasil x Chile e Colômbia x Uruguai, bem como o único duelo entre equipes invictas da Copa, Holanda e México.

Confira os oito confrontos das oitavas:

Brasil x Chile (Belo Horizonte, 28 de junho às 13h)

Brasil e Chile voltam a fazer uma partida de oitavas de final depois de quatro anos: na Copa da África do Sul, a Seleção Brasileira bateu os chilenos por 3 a 0. Com uma equipe bastante mudada em relação ao último torneio, os brasileiros tentarão manter uma freguesia histórica contra o adversário sul-americano. Desta vez, porém o Chile conta com uma das melhores seleções de sua história, com nomes como Sánchez, Vargas e Vidal, sendo o responsável pela eliminação precoce da Espanha, ainda na segunda rodada.

Colômbia x Uruguai (Rio de Janeiro, 28 de junho, às 17h)

Depois de 64 anos, o Uruguai volta a disputar uma partida de Copa do Mundo no Maracanã. Desta vez, enfrentará a forte seleção colombiana, que conta com a melhor geração de sua história e venceu suas três partidas na primeira fase. Sem Suárez, banido da competição por conta da mordida no italiano Chiellini, os uruguaios terão que contar com o talento de Cavani e Forlán, ao passo que os colombianos serão novamente comandados por James Rodriguez, um dos destaques da primeira fase.

Holanda x México (Fortaleza, 29 de junho, às 13h)

O único confronto das oitavas de final entre equipes que estão invictas na Copa do Mundo, colocará frente a frente holandeses, que contam com uma ataque arrasador, formado por Robben e Van Persie, e mexicanos, do ótimo goleiro Ochoa. O favoritismo estará do lado da Holanda, mas o México tentará surpreender os europeus e voltar a disputar uma quartas de final depois de 28 anos.

Costa Rica x Grécia (Recife, 29 de junho, às 17h)

Grande surpresa da primeira fase, a Costa Rica chega às oitavas de final credenciada pelas ótimas vitórias sobre Uruguai e Itália na primeira fase. Nas oitavas de final pela primeira vez desde 1990, deu sorte e enfrentará uma das equipes consideradas mais fracas a avançarem para o mata-mata, a Grécia. Os gregos, que se classificaram pela primeira vez para a fase eliminatória do torneio, tentarão surpreender mais uma vez, depois de garantir a classificação no último minuto da partida contra a Costa do Marfim.

França x Nigéria (Brasília, 30 de junho, às 13h)

A França realizou duas excelentes partidas contra Honduras e Suíça (vitórias por 3 a 0 e 4 a 2, respectivamente) e depois sofreu para empatar com o Equador com um time misto. No mata-mata, porém, volta a contar com sua força máxima e é favorita para o duelo contra a Nigéria, classificada sem brilho no grupo da Argentina, e que volta a disputar uma partida de oitavas de final depois de 20 anos.

Alemanha x Argélia (Porto Alegre, 30 de junho, às 17h)

A Alemanha é uma das grandes favoritas à conquista da Copa do Mundo e conta com um dos artilheiros da primeira fase da competição, Thomas Müller. Jogando um futebol de alto nível nas três primeiras partidas, enfrentará, agora, uma das surpresas da Mundial, a seleção argelina, que apresentou um futebol vistoso no Grupo H, e tentará repetir a zebra da Copa de 1982, quando bateu os alemães na Espanha.

Argentina x Suíça (São Paulo, 1º de julho, às 13h)

A Argentina, comandada por sua maior estrela, Lionel Messi, venceu suas três primeiras partidas na Copa e avançou tranquilamente para as oitavas de final. Contra a Suíça deverá ter mais dificuldades, mais ainda assim é a grande favorita para vencer a partida. Azarões, os suíços contam com o talento de Shaqiri para surpreender.

Bélgica x EUA (Salvador, 1º de julho, às 17h)

A Bélgica chegou à Copa do Mundo como uma das possíveis surpresas da competição, ostentando, inclusive o status de cabeça de chave do Grupo H. Dentro de campo, porém, não mostrou esse encanto todo, ainda que tenha vencido suas três partidas. Nas oitavas, terão um duro desafio contra a equipe dos EUA, bem montada e que venceu Gana, empatou com Portugal e vendeu caro a derrota para a Alemanha na primeira fase, eliminando a equipe do melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo.