NOTÍCIAS
26/06/2014 11:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Copa 2014: Suárez é banido da Copa e ficará quatro meses sem poder atuar

Julian Finney via Getty Images
NATAL, BRAZIL - JUNE 24: Luis Suarez of Uruguay reacts during the 2014 FIFA World Cup Brazil Group D match between Italy and Uruguay at Estadio das Dunas on June 24, 2014 in Natal, Brazil. (Photo by Julian Finney/Getty Images)

Custou caro, muito caro, ao Uruguai a mordida de Luiz Suárez no zagueiro Chiellini, na vitória da Celeste Olímpica sobre a Itália na última terça-feira.

A Fifa divulgou na manhã desta quinta feira que seu Comitê Disciplinar suspendeu o atleta por nove partidas oficiais válidas por competições organizadas pela entidade. O jogador também ficará sem poder atuar quatro meses em quaisquer partidas de futebol e terá de pagar uma multa de 100 mil francos suíços (cerca de R$ 247 mil). Mais: o uruguaio sequer poderá entrar em um estádio de futebol durante o período em que estiver em vigência sua punição.

Suárez foi enquadrado em dois artigos: 48 e 57. O primeiro diz respeito a condutas impróprias contra adversários, e o segundo descreve comportamento antidesportivo. Claudio Sulser, presidente do Comitê Disciplinar, em nota, afirmou: "Este tipo de comportamento não pode ser tolerado em nenhum campo, particularmente na Copa do Mundo, com olhares de milhões de pessoas. O Comitê Disciplinar levou em consideração todos os fatores e o comportamento de Luis Suárez".

A punição severa ao atacante se dá pelo fato de o uruguaio ser reincidente em casos de agressão por mordidas. Em 2010, quando atuava pelo Ajax, da Holanda, Suárez mordeu o holandês Otman Bakkal, do PSV, sendo punido com sete jogos de suspensão. Três anos depois, já no Liverpool, seu atual clube, foi punido por morder o sérvio Branislav Ivanovic, do Chelsea.