NOTÍCIAS
16/06/2014 14:51 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Alemanha x Portugal: alemães jogam fácil e goleiam portugueses em Salvador

Getty Images

(Salvador) Depois da espetacular goleada da Holanda sobre a Espanha, a Bahia amanheceu nesta segunda-feira com a expectativa de mais uma excelente partida. Afinal, de um lado estava a Alemanha, considerada uma das grandes favoritas para a conquista do título, e do outro, Portugal, que embora não tenha uma grande equipe, conta com o astro Cristiano Ronaldo, o melhor do mundo.

Para quem esperava ver uma partida "lá e cá", com jogadas agudas sendo realizadas dos dois lados do gramado, no entanto, rolou uma leve decepção. Afinal, praticamente só um time jogou: a Alemanha, que sufocou Portugal e apresentando um futebol de altíssimo nível, passou por cima do adversário. Os lusos até que melhoraram na segunda etapa, quando passaram a atacar no lado do campo com sombra, sem o escaldante sol da Bahia a atrapalhar as ações ofensivas. Mas faltou objetividade e nem Cristiano Ronaldo pôde melhorar o panorama da partida.

No fim das contas, o placar acabou por traduzir a enorme superioridade alemã em campo: 4 a 0. O resultado mostra, ainda, que, de fato, os alemães devem ser um dos maiores obstáculos para a conquista do hexa por parte da Seleção Brasileira.

O primeiro gol alemão saiu dos pés de Thomas Müller, um dos artilheiros da última Copa do Mundo, aos 11 minutos de jogo, de pênalti. A penalidade foi fruto de uma boa trama ofensiva alemã, que contou com todo o talento de Mario Götze, que sofreu a falta dentro da área quando se preparava para fuzilar a meta de Rui Patrício.

Aos 31, veio o gol que deu ainda mais tranquilidade para a Alemanha jogar seu melhor futebol. Hummels, de cabeça, após cobrança de escanteio, guardou o dele. E tudo ficou ainda mais fácil para a equipe tedesca quatro minutos depois: Pepe foi expulso depois de perder a cabeça, xingar Müller e dar uma cabeçada no atacante (na verdade, o zagueiro só relou no alemão, mas foi o suficiente para o árbitro sérvio Milorad Mazic mandar atleta luso-brasileiro mais cedo para o chuveiro).

A goleada então começou a se desenhar. Aos 45, Müller fez mais um, deixando a Alemanha com uma confortável vantagem ainda no primeiro tempo.

No segundo tempo, a partida passou se ser um pouco mais equilibrada, mas faltava objetividade ao ataque português. E com o espaço, a Alemanha só precisava de tempo para sacramentar a goleada. Müller, sempre ele, então, tratou de pôr números finais na partida. O atacante, que agora busca repetir a artilharia da competição, alcançada em 2010, só teve o trabalho de completar para as redes o rebote do goleiro Rui Patrício, que falhou clamorosamente após o chute de Schürle. Placar final: 4 a 0.

Ao bater o rival mais difícil da chave, a Alemanha deve caminhar com tranquilidade para a conquista de mais duas vitórias e a liderança folgada no Grupo G. No dia 21, os tedescos enfrentam Gana em Fortaleza e no dia 26 pegam os Estados Unidos em Recife. Já Portugal tenta a reabilitação contra os EUA, em Manaus, no dia 22, e depois enfrenta Gana, em Brasília, no dia 26.

Concentrado em Santo André, no litoral sul baiano, os alemães parecem ter sido abençoados por Todos os Santos da Boa Terra.

Galeria de Fotos Copa 2014: Alemanha x Portugal Veja Fotos
Galeria de Fotos As torcidas de Alemanha x Portugal Veja Fotos