NOTÍCIAS
12/06/2014 17:21 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Imprensa internacional critica brutalidade da polícia em protestos anti-Copa

FERNANDO NASCIMENTO/AE

Antes da abertura da Copa do Mundo nesta quinta-feira (12), os protestos em São Paulo e Rio de Janeiro foram o assunto mais discutido nas redes sociais e na cobertura jornalística internacional. Veículos estrangeiros que cobriram as manifestações falaram em violações de direitos humanos.

“Enquanto a Copa do Mundo começa, a democracia duramente conquistada do Brasil está sob ameaça”, é o título da matéria do jornal britânico The Guardian sobre os protestos. O jornal diz que a ditadura brasileira acabou há 25 anos, mas os abusos de direitos humanos e a polícia militar permanecem.

Veja também: 8 cenas de protestos de confrontos entre manifestantes e a PM

“Direitos democráticos básicos como liberdade de expressão, associação e assembleia que foram conquistados duramente por mais de 30 anos estão agora em risco”, diz o Guardian.

O jornal diz que o governo brasileiro falhou ao lidar com os protestos em junho de 2013 e agora continua a reprimi-los. “Enquanto o Brasil se estabeleceu como a sétima maior economia do mundo, sua situação de direitos humanos foi jogada para debaixo do tapete. Apesar de grandes conquistas no combate à pobreza, a realidade está distante do discurso público de prosperidade e democratização, e 25 anos depois das primeiras eleições livres no Brasil, seu país ainda está muito distante de onde esperava estar”.

A revista Foreign Policy endossou o mesmo discurso. “Alguns dos problemas da Copa do Mundo já começaram, gerando várias violações de direitos humanos no Brasil. Isso inclui o uso desproporcional da força contra manifestantes pacíficos em um país que já enfrenta altos níveis de violência, uso de tortura e condições prisionais terríveis. Hoje mesmo, manifestantes e jornalistas foram atingidos por gás lacrimogênio fora do estádio antes da partida começar”.

A Anistia Internacional também criticou a violenta resposta da Polícia Militar aos protestos contra a Copa nesta quinta.

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost