ENTRETENIMENTO
12/06/2014 11:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

14 filmes que você definitivamente não sabia que foram baseados em livros

Reprodução

Assistir Duro de Matar, que é, sem dúvidas, o ápice de filmes de ação dos anos 80, traz à mente mais do que alguns adjetivos fortes: bizarro, stress induzido, visualmente interessante e... literário? É isso mesmo. A produção que transformou Bruce Willis em um verdadeiro herói de ação foi originalmente lançada como um romance chamado Nada Dura para Sempre - Nothing Lasts Forever, no original. Aqui estão 13 outros filmes que você pode não saber, mas foram baseados em livros:

Sexta-Feira Muito Louca (2003)

Freaky Friday foi originalmente publicado como um livro infantil escrito por Mary Rodgers, mas a história vai ainda mais longe do que isso - o livro de 1972 foi potencialmente baseado em uma história semelhante, escrita na década de 1880, com o título Vice-versa.

Rebeldia Indomável (1967)

Rebeldia Indomável foi escrito em 1965 por Don Pearce - a adaptação do livro para o cinema saiu apenas dois anos mais tarde.

Die Hard

Nada dura para sempre, o livro, foi publicado no final dos anos 70, e parou de ser publicado antes da adaptação para os cinemas ser lançada, quase uma década depois.

A Torradeira Valente (1987)

The Brave Little Toaster foi um aclamado romance de ficção científica antes de ser transformado em um filme para crianças - ele foi indicado para o Prêmio Hugo e Nebula Award.

A Incrível Jornada (1993)

A incrível jornada, de 1993, é um remake do filme mudo de 1963 e que foi baseado em um romance de Sheila Burnford.

O Pai da Noiva (1991)

O Pai da Noiva foi antes estrelado por Elizabeth Taylor, em 1950, do que por Steve Martin em 1991. O primeiro filme foi baseado em um romance satírico de 1949 escrito por Edward Streeter.

Horror em Amityville (2005)

A franquia Horror em Amityville não apenas é baseada em um livro apresentado na década de 1970, como o autor alega ter sido inspirado por eventos sobrenaturais que aconteceram na vida real.

Forrest Gump - O Contador de Histórias (1994)

Ainda que repleto de adaptações e pequenas adequações feitas especialmente para o cinema, Forrest Gump foi originalmente lançado como livro, publicação que vendeu ainda mais quando o filme chamou a atenção do público no cinema.

Tubarão (1975)

Os direitos do filme Tubarão foram vendidos antes do livro ser publicado, utilizando do hype subsequente para fazer dele um best-seller. De acordo com a BBC, o autor Peter Benchley mais tarde se tornou um defensor dos oceanos, estimulado pela culpa que sentia por perpetuar um estereótipo negativo dos tubarões.

O Planeta dos Macacos (1968)

Escritor francês Pierre Boulle escreveu O Planeta dos Macacos em 1963, cinco anos antes da primeira adaptação da história para os cinemas.

Psicose (1960)

Robert Bloch escreveu Psicose em 1959, Alfred Hitchcock dirigiu a adaptação de um ano depois.

O Exorcista (1973)

William Peter Blatty escreveu tanto o livro, de 1971, como a adaptação para cinema, em 1973, de O Exorcista.

Herbie - Se Meu Fusca Falasse (1968)

Gordon Buford escreveu Car, Boy, Girl - em português, Carro, Menino, Menina - em 1961, sete anos antes da primeira adaptação de Herbie para cinema.

Os Pássaros (1963)

"Os Pássaros", foi publicado pela primeira vez em uma coleção de contos chamado The Apple Tree - A Árvore das Maçãs -, em 1952. Quando a adaptação de Hitchcock foi lançado mais de uma década mais tarde, a coleção foi reimpresso como Os Pássaros e Outras Histórias.